Modelo de resenha de livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1844 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
www.e-compos.org.br | E-ISSN 1808-2599 |

Cultura comunicacional atual: relações comunicação/consumo
Maria Inês Carlos Magno e Fernanda Elouise Budag
A superficialidade, o desenraizamento, a
1/4

Resenha
BACCEGA, Maria Aparecida (org.). Comunicação e culturas do consumo. São Paulo: Atlas, 2009.

velocidade no lugar da duração, nas palavras da organizadora, são algumas dascaracterísticas
Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação | E-compós, Brasília, v.12, n.2, maio/ago. 2009.

de nossa contemporaneidade que colocam em operação e garantem a permanência do consumo no centro de nossas práticas socioculturais, engendradas pela comunicaçãomídia. Comunicação e culturas do consumo emerge, pois, como obra fundamental na tentativa de entendimento eesclarecimento do espírito de nosso tempo. O livro promove uma reflexão acadêmica do consumo, desvelando seu pertencimento no campo da comunicação. Essa arena, da relação comunicação/consumo, é justamente o território de lutas e debates do Programa de Mestrado em Comunicação e Práticas de Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM/SP, qual a organizadora faz parte. Essa instituiçãotambém promove o

Maria Inês Carlos Magno | unsigster@gmail.com
Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo – USP. Professora do Programa de Mestrado em Comunicação da Universidade Anhembi Morumbi – UAM.

Simpósio Nacional Comunicação e Práticas de Consumo, o qual, por sua vez, em sua quinta edição (2007), gerou os textos deste volume. Revisitando grandes pensadores, osautores dos textos que compõem a obra fazem ricas leituras

Fernanda Elouise Budag | fbudag@espm.br
Mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM/SP. Pesquisadora Jr. do mesmo Programa.

www.e-compos.org.br | E-ISSN 1808-2599 |

e trazem luz aos estudos das relações entre comunicação e consumo. A organizadora divide e distribui os textosem três grandes blocos bem definidos, mas que também se complementam. Na primeira parte – Reflexões de Benjamin, Habermas, Horkheimer e Adorno: modernidade, o novo sensorium –, os quatro autores retornam aos tempos em que a sociedade do consumo estava ainda no seu início, ainda na construção dos contornos que iria ganhar, para explorar o que agora já está sedimentado e – por que não –naturalizado. Olgaria Matos passeia por Paris e pelos pensamentos de Walter Benjamin para procurar entender a sociedade do consumo que estava emergindo. A mesma cidade e o mesmo autor também são trazidos à tona por Sônia Campaner M. Ferrari para, a partir da fantasmagoria, trabalhar a questão da fascinação dos bens sobre os consumidores. Partindo de Habermas, Wolfgang Leo Maar discute as mudanças na esferapública com a nova formação social que surge no século XX: a sociedade de massa. Continuando na mesma linha e finalizando este bloco, Gabriel Cohn retoma o sexagenário conceito de indústria cultural, revelando sua complexidade. A segunda parte – Marx, Gramsci, Bourdieu, política, tecnologias: relações com o consumo –, da mesma forma, traz as contribuições de outros clássicos. O consumo, a partir deMarx; as formas de produção e demais esferas que as envolvem, a partir de Gramsci; e o gosto, a partir de Bourdieu são os principais. Celso Frederico é quem

traz Marx para o centro da discussão sobre o consumo: enfatiza a inter-relação entre produção, circulação e consumo, bem como a dominância desta última fase no interior desse processo. Já Ivete Simionatto percorre os escritos de Gramsci econstata que parece estar no movimento dialético entre estrutura e superestrutura a contribuição maior deste teórico italiano para se pensar as manifestações da comunicação e do consumo na sociedade capitalista. Continuando, consumo remete a gostos, e é dessa temática que tratam Clóvis de Barros Filho e Felipe Tavares
Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação...
tracking img