Modelo de layout de sistema produtivo para usinas de reciclagem de resíduos inorgânicos sólidos para pequenos municípios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9439 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO
No passado o lixo não era um problema tão enfatizado pela sociedade, no
entanto, o aumento significativo do consumo tornou a gestão de resíduos
uma das principais áreas de estudo por todo mundo. Este estudo teve
como objetivo identificar, descrever e comparar modelos de layout (arranjo
físico) do sistema produtivo de usinas de reciclagem, proporcionando
assim, melhores perspectivasna concepção destes empreendimentos tão
necessários nas cidades da nova sociedade sustentável que se deseja
construir. O objeto principal de estudo são os modelos de layout (arranjo
físico) de sistemas produtivos de usinas de reciclagem, visando identificálos,
descrevê-los e compará-los. Para tal, foram utilizados dados
bibliográficos ou secundários, em livros, periódicos, e dissertações, queabordem a temática em questão. O principal resultado da pesquisa foi a
varredura na literatura, com conseqüente identificação e descrição de 04
(quatro) modelos de layout para usinas de reciclagem. Ao analisar os
Layouts abordados, pode-se perceber que existem algumas semelhanças e
diferenças entre eles. Espera-se que o referencial bibliográfico, os
resultados e discussões apresentados nestetrabalho possam subsidiar
novos estudos sobre o arranjo físico ideal para implementação de Usinas
de Reciclagem para pequenos municípios.

INTRODUÇÃO
Segundo Athayde Jr., Nobrega e Onofre (2009, p.01), há muito tempo, o lixo não era
visto como um problema, pois ele era gerado em menor quantidade, e sua maior parte era
composta por materiais biodegradáveis, facilmente transformados pelanatureza. No
entanto, nos últimos tempos a população cresceu acentuadamente, migrou da área rural
para as cidades, seus hábitos mudaram, passando a consumir mais produtos
industrializados e, com isso, passaram a existir no lixo as embalagens longa vida, sacos
plásticos, isopor, latas, dentre outros; materiais esses que demoram muito para serem
degradados, mas que, por outro lado, podem serreciclados.
De acordo com Pereira (2005, p.19), a importância da realização de estudos e
discussões sobre a problemática dos resíduos sólidos indica avanços na forma de
tratamento e no destino final adequado desses rejeitos. Apesar dos esforços realizados,
entende-se que a questão é complexa, exigindo atuação em diversas áreas de
conhecimento que contemplem as questões ambientais, sociais eeconômicas, de forma
interdisciplinar, que integre a urbanização, meio ambiente e desenvolvimento sustentável.
Ressalta Oliveira (2007, p.202), a grande quantidade de lixo produzido,
especialmente nas cidades, é uma das preocupações cruciais no mundo hoje. O processo
da industrialização fez com que o homem conseguisse modificar mais rapidamente o
espaço, dominando as forças da natureza e produzindoos meios necessários à formação
da sociedade capitalista, hoje, essencialmente voltada para o consumo.
De acordo com Cavalcanti et al. (2007, p.100), os avanços tecnológicos trouxeram
importantes contribuições que possibilitaram o desenvolvimento globalizado da sociedade
atual. Este desenvolvimento resultou numa marcha desenfreada do sistema capitalista
ocasionando um distanciamento darelação homem/natureza.
Ao longo dos anos, a civilização foi se tornando mais complexa, se comportando
como se o divórcio com o mundo natural fosse possível. A preocupação primeira
era com a construção de um mundo extremamente racional, planejado, controlado
e manufaturado. À medida que essa complexidade foi aumentando, nós nos
distanciamos das nossas raízes com a terra e perdemos o elo de integraçãocom
o restante da natureza. Machado, (2004, p.82, citado por CAVALCANTI et al.
2007, p.101).
Como descreve Taguchi (2001, citado por JUNKES, 2002, p.34), a reutilização e
reciclagem são práticas bastante antigas, os ‘sucateiros’ da antiguidade recolhiam
espadas nos campos de batalha para fazer novas armas. As cidades não possuíam
Modelo de layout de sistema produtivo para usinas de...
tracking img