Mobilidade passiva na melhora da adm no pós-operatório de ligamento cruzado anterior

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8107 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE FISIOTERAPIA

Tayrone Rodrigues Lima
Maria Ociene Carvalho

MOBILIDADE PASSIVA NA MELHORA DA AMPLITUDE DO MOVIMENTO NO PÓS-OPERATÓRIO DE LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR





Fortaleza, Novembro de 2012
MOBILIDADE PASSIVA NA MELHORA DA AMPLITUDE DO MOVIMENTO NO PÓS-OPERATÓRIO DE LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR
Lima, Tayrone Rodrigues* Carvalho, Maria Ociene*( Discentesdesta instituição de ensino)Henriques, Anna Christina** Barros, Leonardo L. S. **( Docentes desta instituição de ensino)

RESUMO
As lesões ligamentares do joelho estão entre as principais lesões ocorridas nos esportes, sendo raras as lesões combinadas dos ligamentos cruzados e estas lesões normalmente estão associadas com traumas de alta velocidade. Nesses casos a intervenção cirúrgica é necessáriadevido ao alto nível de instabilidade funcional.
Objetivo:Descrever os aspectos importantes do tratamento fisioterapêutico pós-reconstrução do ligamento cruzado anterior com ênfase na progressão da descarga de peso, na recuperação da amplitude de movimento e no fortalecimento muscular.
Metodologia: Fez-se um levantamento bibliográfico que percorre conceitos de autores que tratam especificamentedo tema, dando embasamento necessário ao estudo proposto. Conclusão:Indivíduos que foram submetidos à reconstrução do ligamento cruzado anterior, conseguem recuperar a funcionalidade normal do joelho em período em longo prazo, retornando as suas atividades de vida diária e a prática esportiva, pois estão relacionadas com a função.
Palavras Chave: Ligamento Cruzado Anterior.TratamentoFisioterapêutico

ABSTRACT
Knee ligament injuries are among the most injuries occurring in sports, with rare combined cruciate ligament injuries and these injuries are usually associated with high-speed trauma. In these cases surgical intervention is necessary due to the high level of functional instability.
Objective: To describe the important aspects of physical therapy after reconstruction of theanterior cruciate ligament with an emphasis on progression of weight bearingonrecovery of range of motion and muscle strengthening.
Methodology: For the development work was done extensive research in the library and on websites.
Conclusion: Individuals who underwent reconstruction of the anterior cruciate ligament can regain normal functionality of the knee in long-term period, returning their dailyactivities and sports, as they relate to the function.
Keywords: Anterior Cruciate Ligament, physiotherapy treatment.



INTRODUÇÃO
A lesão ou ruptura do ligamento cruzado anterior (LCA) em atletas ou indivíduos fisicamente ativos vem se tornando muito comum. Estudos epidemiológicos demonstram uma incidência de 80.000 lesões de ligamento cruzado anterior por ano (VASCONCELOS, 2009).Acredita-se que indivíduos com lesão de ligamento cruzado anterior perdem a propriocepção do joelho, diminuindo assim a capacidade em detectar alterações estáticas e dinâmicas no joelho. Essa perda tem sido associada a mudanças no tempo de latência dos músculos nas respostas reflexas e assim interferindo diretamente na funcionalidade do membro acometido (FATARELLI ET AL, 2004). O objetivo dareconstrução do LCA é o retorno do indivíduo a sua funcionalidade normal (HERNANDEZ, 1996). O LCA é um dos componentes do joelho que proporciona uma boa funcionalidade, pois fornece estabilidade no plano sagital, impedindo que o fêmur se desloque posteriormente sobre a tíbia ou que a tíbia desloque se anteriormente ao fêmur (AMATUZZI 2004). Estudos comprovam que após a reconstrução do LCA os indivíduos sequeixam de edema, perda de força do músculo quadríceps, instabilidade e dor na articulação acometida, assim diminuindo sua funcionalidade (LUTOSA, 2007).

A funcionalidade pode ser definida como a capacidade que o indivíduo demonstra em realizar atividades diárias e físicas sem limitação ou dificuldade (COSTA, 2010). Após a reconstrução do LCA grande parte dos indivíduos tem dificuldade de...
tracking img