Mobilidade de estudantes em ortoprotesia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
| |
|Mobilidade de Estudantes aplicada a Ortoprotesia |
|Mobilidade de Estudantes em Ortoprotesia ||Mobility of students applied to prosthetic and orthotic |
| |


Unidade curricular de Seminário de IntegraçãoProfissional

Professor: António Abrantes

|Faro, 3 de Janeiro de 2012 |




Ana Patrícia Santa, Universidade do Algarve – ESSUAlg, a44627@ualg.pt

Flávia Moringa, Universidade do Algarve – ESSUAlg, a45047@ualg.pt

Joana Sousa, Universidade do Algarve – ESSUAlg, a45646@ualg.ptMariana Guerreiro, Universidade do Algarve – ESSUAlg, a44751@ualg.pt







Índice



1. Resumo Pág.2

2. Introdução Pág.3

3. Mobilidade de Estudantes Pág.4

4. Programas Internacionais de Mobilidade de Estudantes Pág.4

1. Erasmus Pág.4

1. O que é? Pág.4

2. Acções Pág.5

3. Objectivos Pág.64. Bolsas Erasmus Pág.7

5. Estágios Profissionais Erasmus Pág.7

6. Benefícios Pág.8

2. Erasmus Mundus Pág.9

3. “Bolsas Santander Universidades” Pág.10

5. Programa Nacional de Mobilidade de Estudantes Pág.11

1. Vasco da Gama Pág.11

1. Elegibilidade dos estudantes Pág.11

2. Duração Pág.116. Programas de Mobilidade de Estudantes associados a Ortoprotesia Pág.12

7. O que fazer se não existir protocolos de estágio associados ao curso? Pág.13

1. Passos para criar um protocolo de estágio Pág.13

8. Conclusão Pág.14

9. Anexos Pág.16

1. Anexo A – Regras Específicas de Elegibilidade Pág.16

2. Anexo B – Programa SantanderUniversidades Pág.18

3. Anexo C – Protocolo de Cooperação Geral Pág.19

10. Bibliografia Pág.21





Índice de Tabelas



Tabela nº 1 – “Locais que recebem estudantes de ortoprotesia para estagiar” Pág.12

Tabela nº 2 – “Regras Específicas de Elegibilidade” Pág.17


1. Resumo

Mobilidade de estudantes é um movimento de estudo/estágio eminstituições/empresas no estrangeiro, dirigido e apoiado por programas de mobilidade, como por exemplo: “Erasmus”, que actua a nível da União Europeia; “Erasmus Mundus”, que estabelece ligação entre a UE e países terceiros; “Santander”, que é um programa luso-brasileiro; e por fim “Vasco da Gama” que se trata de um programa a nível nacional.

Visto ser um curso muito recente no nosso país, este ofícioestá mais desenvolvido e actualizado no estrangeiro, ‘obrigando’ os estudantes a procurarem soluções no exterior, recorrendo a estágios em empresas estrangeiras ao abrigo dos programas de mobilidade e respectivos apoios.












.























2. Introdução

Este trabalho foi desenvolvido no âmbito da disciplina “Seminário de integraçãoprofissional”, leccionada no 1º ano da licenciatura de Ensino de Ortoprotesia.

A escolha do tema do trabalho foi livre, porém foi apreciado e debatido com o Professor António Abrantes para que fosse claro qual o tema a abordar.

Tem como tema “Mobilidade de Estudantes Associada a Ortoprotesia”, pelo que pretendemos tomar conhecimentos acerca das várias opções que todos os...
tracking img