Minhocarios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2007 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MINHOCAS



São animais anelídeos da classe Oligoqueta, ordem Haplotaxida, distribuídas pelos solos úmidos de todo o mundo, algumas de apenas centímetros e outras com um a dois metros de comprimento, casos nos quais são conhecidas como minhocaçus.
O seu corpo é formado por anéis (segmentos corporais). São ainda conhecidas pelos nomes populares de bichoca e isca (principalmentequando usadas na pesca).

[pic]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Annelida
Classe: Oligoqueta
Ordem: Haplotaxida

Elas vivem enterradas (são animais subterrâneos), escavam galerias e canais, buscando abrigo e restos vegetais, seu principal alimento, ingerido com grandes quantidades de terra. Elas são, portanto, animais detritívoros, pois se alimentam de detritos devárias origens, que compõem o húmus.




As minhocas têm o corpo cilíndrico, alongado, com a boca e o ânus, em extremidades opostas; e um anel mais claro, o clitelo, mais próximo da boca.
Passando o dedo na sua região ventral, de trás para a frente, sentimos que a pele do animal é áspera, devido à presença de fileiras de microscópicas cerdas de quitina. As minhocas fixam as pontas dascerdas no solo, facilitando o seu deslocamento, quando contrai a forte musculatura da parede do corpo.
A epiderme das minhocas é coberta por uma fina cutícula de quitina e produz bastante muco, o que as torna viscosas, diminuindo o atrito com o solo e facilitando o deslocamento.
O muco ainda protege a pele quando em contato com substâncias tóxicas ou nocivas e garante a umidadeindispensável para as trocas dos gases respiratórios em toda a superfície do corpo. Esta é a chamada respiração cutânea.

REPRODUÇÃO

As minhocas são seres sexuais e potugais hermafroditas incompletos, pois cada indivíduo tem testículos e ovários, no entanto, o animal não se reproduz sozinho, dependendo sempre da união com outro para a troca de espermas, o que é chamado de fecundaçãocruzada.
Na cópula, os dois animais se unem pelo clitelo, que produz bastante muco. Feita a troca de espermas, os dois pequenos vermes saem dos casulos e das terras.
A época reprodutiva das minhocas é definida mais por condições meteorológicas, que propriamente meses do ano. Quando o ambiente e a temperatura são favoráveis, que ocorre habitualmente nos períodos quentes e úmidos, e de umaforma geral à noite, as minhocas procuram um parceiro para fecundar. Cada minhoca, em condições ideais, pode deixar de 100 a 140 descendentes em um ano.

ESPÉCIES BRASILEIRAS


No Brasil existem em torno de 26 espécies de minhoca classificadas em 18 famílias (sendo a mais comum a família Glossoscolecidae). A maioria das espécies mais frequentes em solo brasileiro são estrangeiras, e foramintroduzidas por fins comerciais (tais como a Eisenia fetida, originaria do oeste os EUA, e a Eudrilus eugeniae, originária da África).
Dentre as espécies nativas destacam-se a Glossoscolex giganteus, a primeira espécie descrita no Brasil (em 1836 por Rudolf Leuckart, com espécime encontrada no Rio de Janeiro); a Pontoscolex corethrurus, considerada a espécie mais comum em solo brasileiro;e Rhinodrilus alatus, conhecido popularmente como minhocuçu, endêmico do cerrado central do estado de Minas Gerais e que tem em média 60 cm de comprimento.

SISTEMA CIRCULATÓRIO

Nestes animais já existe um sistema circulatório fechado, muito mais eficiente pois todo o percurso do sangue é feito dentro do sistema de vasos.
Existem dois vasos longitudinais principais, um dorsal(onde o sangue circula de trás para a frente) e outro ventral (onde o sangue circula da frente para trás), ligados por vasos laterais de menor calibre com disposição circular em volta do tubo digestivo, que se ramificam em redes de capilares ao nível de todos os órgãos e sob a pele, onde ocorrem as trocas com o fluido intersticial ou ar.
O vaso dorsal funciona como coração, impulsionando o...
tracking img