Minerais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1071 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nutrição Aplicada

MINERAIS


INTRODUÇÃO
2



Minerais são elementos com funções orgânicas essenciais que atuam tanto na forma iônica quanto como constituintes de compostos como enzimas, hormônios, secreções e proteínas do tecido orgânico. Atuam regulando o metabolismo enzimático, mantêm o equilíbrio acidobásico, a irritabilidade nervosa e muscular e a pressão osmótica.
Os mineraispodem ser classificados em eletrólitos, macronutrientes, micronutrientes e elementos ultratraços. Neste trabalho abordaremos alguns desses minerais importantes para o metabolismo e aliados do organismo.





MAGNÉSIO
3



O magnésio é o segundo Tipo: é um macroelemento; cátion intracelular mais abundante (após o K) no corpo;
O adulto contém de 20 a 28g de magnésio, onde 60% estãonos ossos, 26% nos músculos e o restante nos tecidos moles e fluídos corporais.



MAGNÉSIO
4

Características:



Ativador de sistemas enzimáticos;
Mediador das contrações musculares e de impulsos nervosos; Co-fator da fosforilação oxidativa; Absorvido de 30 a 50 % do total;

   

Circula no organismo ligado a albumina;
É excretado pela urina e pelas fezes.

MAGNÉSIO
5Funções


A principal função é estabilizar a estrutura do ATP nas reações enzimáticas dependentes de ATP;



Atua na síntese de ácidos graxos e proteínas, na fosforilação da glicose e seus derivados na via glicolítica e as reações da transcetolase; Transmissão e atividade neuromuscular bloqueador do canal de cálcio fisiológico. e



MAGNÉSIO
6

Efeitos da carência:
Algumas das causas da deficiência de magnésio são:



   

 

Confusão mental; Convulsão; Ataxia, Tremor; Anorexia; Distúrbios gastrointestinais; Taquicardia, arritmia; Alteração na pressão sanguínea;



Insuficiência renal aguda e crônica; Diabetes;







Uso de cisplatina; Nutrição parenteral prolongada; Uso abusivo de álcool; Exercício físico prolongado leva a ↓ Mgsérico.

MAGNÉSIO
7

Necessidades diárias:
Indivíduo Idade Mg/dia

Fontes alimentares:

Lactentes

0,0-0,5 (anos) 0,5-1,0 1-3 4-6 7-10 11-14 15-18 ≥19
11-14 15-18 ≥19 1º semestre 2º semestre

40 60 80 120 170 270 400 350
280 300 280 320 355 340 Figura : Fontes alimentares de magnésio: Vegetais folhosos verdeescuro e legumes, frutas (figo e maçã), cereais integrais, nozes eamendoim.

Crianças

Homens

Mulheres

Gravidez Lactação

Fonte: Nutrição Oral, Enteral e parenteral na prática clínica,Cap.7.

MANGANÊS
8

Tipo: Microelemento

Função fisiológica


Essencial para o metabolismo (colesterol, crescimento corpóreo e reprodução);
Síntese e ativação de protrombina na presença da vit. K;



MANGANÊS
9

Características e funções




Estáassociado à formação de tecido conjuntivo e ósseo, crescimento e reprodução e metabolismo e carboidratos e lipídeos; Absorção em toda a extensão do intestino delgado, sendo mais absorvido em mulheres que em homens;



A excreção ocorre principalmente nas fezes após secreção no intestino através da bile.

MANGANÊS
10



Características e funções Cerca de 10 a 20mg contido no corpoadulto humano tendem a estar concentradas predominantemente nos tecidos ricos em mitocôndrias;





É um componente de muitas enzimas, inclusive glutamina sintetase, piruvato carboxilase e superóxido dismutase mitocondrial;

MANGANÊS
11

Efeitos da carência


Necessidades diárias
Via oral/Enteral (mg/dia)

Modificações nas estruturas celulares: deformações específicas doesqueleto;

Indivíduo Lactentes

Idade 0,0-0,5 (anos) 0,5-1,0 1-3 4-6 7-10 ≥11

Mg/dia 0,3-0,6 0,6-1,0 1,0-1,5 1,5-2,0 2,0-3,0 2,0-5,0



Náuseas e vômitos, perda de peso, hipocolesterolemia, mudança na coloração dos cabelos e barba e crescimento lento destes e das unhas, dermatite.

Crianças

Adultos

2,0-5,0

Fonte: Nutrição Oral, Enteral e parenteral na prática clínica,Cap.7....
tracking img