Minerais no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5025 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
XIX ENTMME – Recife, Pernambuco - 2002

Centro de Tecnologia Mineral
Ministério da Ciência e Tecnologia
Coordenação de Metalurgia Extrativa

PRODUÇÃO DE FOSFATO NO BRASIL: COMPLEXO DE
MINERAÇÃO DE CATALÃO / ULTRAFERTIL

Ramon Veras Veloso de Araujo
Luis Gonzaga Santos Sobral
Ronaldo Luiz C. dos Santos
CETEM/MCT

Equipe Técnica ULTRAFERTIL/ CMC

CT 2002-049-00 – ContribuiçãoTécnica ao XIX ENTMME – Recife,
Pernambuco - 2002

R.L.C. Santos, L.G.S. Sobral, R.V.V. Araújo e Equipe técnica Ultrafertil/CMC

PRODUÇÃO DE FOSFATO NO BRASIL:
MINERAÇÃO DE CATALÃO / ULTRAFERTIL

COMPLEXO

DE

R.L.C. Santos1, L.G.S. Sobral1, R.V.V. Araújo1, Equipe Técnica Ultrafertil / CMC2
1

Centro de Tecnologia Mineral – CETEM / MCT. Av. Ipê, 900. Ilha da Cidade Universitária. CEP21941
590. Rio de Janeiro-RJ.
E-mail: rsantos@cetem.gov.br
2

Ultrafertil / Holding Fertifós. Fazenda Chapadão, s/no – Zona Rural. CEP 75701-970. Catalão-GO.

RESUMO
O Complexo Mínero-Químico de Catalão – CMC , explota as reservas geológicas de fosfato de gênese ígnea
contidas no domo ultramáfico-alcalino de Catalão I, localizado no município de Catalão e Ouvidor, no sul do
estado de Goiás.O complexo ocupa uma área de cerca de 26 milhões m2, apresentando um expressivo volume de reservas
medidas (da ordem de 205 milhões de toneladas), fato que lhe confere uma estimativa de vida útil, no estágio
atual de exploração, de no mínimo 30 anos. Apresentando uma peculiar formação geológica, o domo de
Catalão I ainda possui reservas de nióbio, titânio e terras-raras.
A produção atual deconcentrado fosfático, da ordem de 1 milhão de toneladas/ano, distribui-se entre
concentrados convencional e ultrafino que são produzidos segundo o circuito industrial de beneficiamento de
minério. A partir de operações de filtragem, classificação, e secagem realizados no terminal de recebimento
de concentrados e estocagem de rocha, o concentrado convencional é comercializado sob a forma de:rocha
úmida, que abastece a unidade industrial da Fosfertil-Ultrafertil em Cubatão-SP para a produção de ácido
fosfórico; rocha seca, comercializada para as industrias da região da Baixada Santista-SP; e de rocha ultrafina
que abastece a nova planta de superfosfato simples (SSP) inaugurada em novembro de 2001.
Esse trabalho descreve, resumidamente, as atividades de lavra e beneficiamentopraticadas no CMC e, ainda,
as recentes modificações, estruturais e produtivas, que permitiram ao Complexo ampliar a gama de seus
produtos, com a implantação de uma planta industrial de SSP, similar àquela existente em Uberaba, tornandose um complexo minero-químico.
PALAVRAS-CHAVES: Ultrafertil; Complexo de Mineração de Catalão; fosfato; fertilizante.

XIX ENTMME – Recife, Pernambuco - 2002

1.INTRODUÇÃO
O Complexo Minero-Químico de Catalão – CMC, situado a 20 km do município de Catalão (sul do estado de
Goiás) é constituído por uma usina de beneficiamento de minério fosfatado, com capacidade anual de
1.000.000 toneladas, um terminal rodo-ferroviário de manuseio de concentrados e expedição de rocha
fosfática, e recentemente, por uma unidade de produção de super fosfato imples (SSP).O concentrado convencional e ultrafino produzidos na usina de beneficiamento de minério é bombeado via
mineroduto com 14,4km de extensão ao terminal rodo-ferroviário de manuseio de concentrados e expedição
de rocha fosfática, onde, através classificação, filtragem e secagem comercializa-se a rocha úmida, utilizada
pela unidade industrial da Ultrafertil (Cubatão-SP) para a produção de ácidofosfórico; e a rocha seca,
adquirida pelas indústrias do setor de fertilizantes. O concentrado ultrafino após filtragem é utilizado sob a
forma de rocha ultrafina pela nova unidade de fabricação de superfosfato simples (SSP), apresentando uma
capacidade nominal de 350.000 toneladas/ano de SSP farelado ou granulado.
A Ultrafertil foi a primeira empresa da América Latina a ter o seu processo de...
tracking img