Microsporideos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7675 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BRASIL, P et al.

Artigo de Revisão

Microsporidiose humana na síndrome de imunodeficiência adquirida
P. BRASIL, D. BONFIM DE LIMA, H. MOURA
Disciplinas de Doenças Infecciosas e Parasitárias e de Parasitologia da Faculdade de Ciências Médicas do Hospital Universitário Pedro Ernesto, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ.

UNITERMOS: Microsporidia. HIV. Característicasclínicas. Abordagem diagnóstica e terapêutica. KEY WORDS: Microsporidia. HIV. Clinical features. Approach diagnostic and therapeutic.

Tabela 1 — Classificação dos microsporidia Phylum Classe Ordem Subordem Gêneros Microspora Microsporea Microsporidia Pansporoblastina Apansporoblastina Pleistophora Nosema Septata Enterocytozoon Encephalitozoon S. intestinalis* N. connori N. corneum E. bieneusi E.cuniculi E. hellem

INTRODUÇÃO

Espécies

Desde o surgimento da síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA) em 1981, passamos a observar nesses pacientes infecções causadas por patógenos oportunistas, antes descritas apenas em pacientes com outras causas de imunodeficiência, como neoplasias, uso de drogas imunossupressoras e transplantes de órgãos. Entre as parasitoses oportunistas observadas nosindivíduos com SIDA , as protozooses são as predominantes, em particular a toxoplasmose, as coccidioses intestinais e a pneumocistose. Até há alguns anos, as microsporidioses eram consideradas como infecções muito raras em humanos, ocorrendo apenas em pessoas imunodeprimidas. A identificação em 1985 de uma nova espécie parasita do homem (Enterocytozoon bieneusi) e, a seguir, a observação de casos deceratoconjuntivite devido ao Encephalitozoon em pacientes com SIDA relevaram o papel patogênico do microsporidium. O espectro clínico das doenças causadas por microsporidia encontra-se em expansão. O gênero Enterocytozoon é o mais isolado em pacientes com diarréia crônica e SIDA . Recentemente, a espécie Septata intestinalis, também conhecida como “Encephalitozoon intestinalis” 1, foi descrita emcélulas do epitélio intestinal, células tubulares renais e respiratórias de pacientes HIV -positivos, indicando disseminação sistêmica. No Brasil, de forma semelhante a outros locais no mundo, as infecções intestinais são as mais comuns, com 40 casos descritos 2-4. No Rio de Janeiro e em São Paulo, dois casos de microsporidiose ocular já foram diagnosticados 5,6. É possível que um número maior decasos seja identificado à medida que se conheça melhor a distribuição, ca254

* Classificada por alguns autores em Encephalitozoon intestinalis1 .

racterísticas clínicas e métodos diagnósticos da infecção por esse parasita. Neste artigo, procuramos abordar os aspectos gerais da microsporidiose humana, para que com maior conhecimento da infecção possamos estabelecer sua prevalência, e definir melhorsua participação na história natural do paciente co-infectado pelo HIV no Brasil.
Microsporidia

O Nosema bombycis foi o primeiro dos microsporidia descrito7, sendo agente parasita do bicho-daseda. A partir de então esses agentes têm sido reconhecidos como causa de doença em vários grupos de animais: insetos, peixes, coelhos, ursos e primatas8,9. De fato, os microsporidia estão amplamentedistribuídos no reino animal, parasitando todas as classes de vertebrados e invertebrados 10,11. Características biológicas e ciclo de vida Os microsporidia são protozoários pertencentes ao phylum Microspora (tabela 1), termo criado em 1882 por Balbini para a classificação de um novo grupo de parasitas12,13: eucariotas primitivos, desprovidos de mitocôndrias, cujo desenvolvimento se faz por divisão múltiplaou merogonia, seguida de esporogonia, no interior da célula do hospedeiro. Essa divisão parasitária efetua-se, na maioria dos gêneros, em contato direto com o citoplasma da célula do hospedeiro (subordem ApansporoblasRev Ass Med Brasil 1997; 43(3): 254-64

MICROSPORIDIOSE HUMANA NA SIDA

tina: gêneros Nosema, Enterocytozoon e Encephalitozoon). Alguns se multiplicam dentro de um vacúolo...
tracking img