Microeconomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1043 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“A CIÊNCIA DOS PREÇOS”














“A CIÊNCIA DOS PREÇOS”





Trabalho realizado por graduandos do curso de Ciências Econômicas


A CIÊNCIA DOS PREÇOS.
Um fuzileiro naval americano a serviço nas Filipinas quis comprar um cacho de bananas de um nativo, que trabalhava perto da base. O sujeito vendia um cacho a 10 centavos e três por 35. O marinetentou explicar que o preço estava errado. "Veja, vou comprar um cacho. Aqui está uma moeda de 10", explicou. "Vou comprar um segundo cacho, aqui está outra moeda. Agora quero um terceiro, eis mais 10 centavos. Pronto! Três cachos por 30 centavos. Mas você queria me vender por 35!" O filipino o encarou. Parecia não entender. Só com insistência os militares conseguiram comprar os três cachos por 30.Com o passar dos dias, convenceram-no a vender três por 25, pois isso impulsionaria as vendas de banana.
O fuzileiro sentiu-se um gênio. E assim ficou por semanas, até encontrar o vendedor no centro da cidade - onde vendia o cacho a 3 centavos.
A anedota reúne algumas das mais populares práticas aplicadas para definir os preços das coisas. E a ciência busca compreender, por meio dessas táticas,as relações comportamentais entre consumidores, vendedores, números e valores para explicar por que esse relacionamento tem forte carga emocional.
Preço âncora: é tudo relativo.
O preço âncora ou ancoragem é um fenômeno em que, ao estimar o valor numérico de algo, as pessoas são inconscientemente influenciadas por outros números relacionados. Quer dizer, um eletrodoméstico custar US$ 279 podesoar extravagante. Mas, se o consumidor sabe que a versão um pouco maior é mais de 50% mais cara, o preço fica mais interessante.
A ancoragem é comum em lojas chiques e restaurantes caros. O Serendipity 3, de Nova York, tem no cardápio um sundae que custa R$ 1 580 bem perto de um cheese cake oferecido a R$35. Bela estratégia para convencer a clientela, enquanto espera uma celebridade aparecer norestaurante, a pagar pela sobremesa quase o preço de um prato principal.
Mas não é só lugar badalado que usa e abusa da psicologia dos preços. O prato-feito da esquina também. Muitas vezes ele o induz a escolher exatamente aquilo que quer que você escolha. Cobrando menos, o restaurante o leva a pedir logo o maior prato. É o chamado "menu induzidor", que faz parte de um conceito largamente usadopara conquistar o consumidor: o preço não linear.

O barato da liquidação.
Preço não linear é o fenômeno em que o preço final que se paga não sobe proporcionalmente à quantidade de produtos e serviços que se leva. É o famoso "compre 2, leve 3".
O preço não linear está em todo lugar. "Empresas telefônicas oferecem descontos para ligações de longa distância para reter clientes que poderiamtrocá-la por operadoras locais". Ou seja, você gasta menos aqui para gastar mais ali. "Nenhuma loja pode nos obrigar a comprar 5 pacotes de sabão. Mas, com as ofertas irrecusáveis da psicologia dos preços, elas não precisam fazer isso. Em muitos casos, o consumidor econômico é persuadido a gastar mais, em nome do poupar dinheiro’."
O problema é que você não está necessariamente economizando. Édinheiro parado. Você faz estoque, mas esse dinheiro poderia estar rendendo em outras coisas. É uma decisão racional, só que limitada.
E não venha falar de cartão de crédito. Aqui a situação piora. "Quando você paga em dinheiro, sente que ele está te deixando”. Com o cartão de crédito, não, pessoas que usam o cartão de crédito tendem a gastar até 18% mais do que as que usam dinheiro vivo. E ocartão é cada vez mais popular: o volume de pagamentos com cartões da Visa cresceu quase 25% no ano passado, somente no Brasil.
Jeitinho parcelado.
Houve um tempo em que não havia anúncios de produtos à venda por algum valor terminado em "99". Isso foi em meados do século 19. Com os anos, as lojas de departamentos americanas passaram a adotar a tática. O que vale é a sensação de pagar menos, não...
tracking img