Microcervejaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3776 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Campo 21 – Aspectos Técnicos


DESCRIÇÃO GERAL DOS INVESTIMENTOS:


O projeto da implantação da micro-cervejaria e restaurante consiste nos seguintes itens:

1) Estudos e projetos com o estudo da viabilidade do negócio, valor R$ 15.000,00.

2) Construção civil com os seguintes sub-itens:


2.1) Adaptação de uma área existente com 108,88 m2 mais umaampliação de 49,69m2, perfazendo uma área total de 158,57 m2, destinado à micro-cervejaria, orçado em R$ 125.000,00.


2.2) Construção de uma área de 345,84 m2, em três pavimentos, sendo o térreo com 217,20 m2, segundo pavimento com 92,97 m2 e reservatório e depósito com 35,67 m2, destinado a restaurante, cozinha,BWC, orçados em R$ 375.000,00.


Nota: A empresa não apresentouorçamento detalhado das duas construções. A primeira, item 2.1, esta orçada em 66,17% e a do item 2.2 em 91,02% do Cub médio. Estes valores estão compatíveis com o tipo construtivo proposto.


Conforme visita realizada no mês de agosto ao projeto, resumido na Tabela 1 – Construção Civil, estágio das obras e valor orçado, o sub-item 2.1, encontra-se 82,00% realizado e o item 2.2, 62,00%realizado. Chegamos a estes índices usando calculo padrão tomando por base o tipo construtivo industrial para a micro-cervejaria e tipo residencial/comercial para o restaurante, uma vez que não foi apresentado orçamento detalhado.


3) Equipamentos Nacionais, conforme Tabela 2 – Equipamentos Nacionais – Finame PSI, que serão financiados via Finame PSI, orçados pelo total de R$ 451.235,00. Osequipamentos estão cadastrados no Finame.

4) Móveis e Utensílios conforme tabela abaixo denominada Móveis e Utensílios, orçados pelo total de R$ 150.000,00

5) Capital de Giro associado ao Projeto.

O investimento esta sendo realizado sobre dois imóveis contíguos, com área total de 2.590,15 m2, conforme planta anexo, matrículas nºs 13.670 e 6.723 do CRI da comarca de SantoAmaro da Imperatriz de propriedade da empresa Badenia. Os imóveis se localizam rua Leopoldo Broering a 1.300 m do trevo com a BR-282. Na região próxima não encontramos outros restaurantes. Como trata-se de implantação, alem todos os problemas provenientes deste tipo de negócio, a empresa deverá ter dificuldade de encontrar mão de obra adequada para o tipo de empreendimento, ou seja, umrestaurante com nível diferenciado.


Como trata-se de implantação, nível de risco bem mais acentuado que uma expansão, e conforme enquadramento a empresa deverá comprovar antecipadamente a sua participação no projeto.


Assim, conforme quadro de usos e fontes a empresa deveria comprovar antecipadamente à contratação o valor de R$ 415.000,00. Após o BRDE deverá liberar para osfornecedores dos equipamentos nacionais, o valor de R$ 451,235,00 referente aos mesmos. A empresa então comprovará mais R$ 200.000,00 referentes a construção civil e móveis e utensílios. Finalmente o BRDE poderá liberar o valor de R$ 148.765,00 referente ao capital de giro associado.


A empresa enviou um mapa de comprovação anexando ao mesmo as notas fiscais, contratos e recibos, com um totalcomprovado de R$ 415.295,56. A verificação deste mapa de comprovação não usou o mesmo rigor do padrão BNDES, sendo aceitos neste caso itens como: contrato com recibos (a nota fiscal deverá ser emitida no final do pagamento do contrato); pagamento das taxas de análise e fiscalização do BRDE, taxa do Prodec, etc.




Construção Civil estágio das obras e valor orçado: Nesta tabelarelacionou-se as duas construções previstas no projeto, com o resumo do estagio físico das obras, verificado durante a ultima visita de fiscalização em 08/08/2012.


[pic]
Tabela 1 – Construção Civil, estágio das obras e valor orçado.






Equipamentos Nacionais a serem financiados via Finame PSI: Na tabela abaixo esta a relação dos equipamentos nacionais a serem financiados. Os...
tracking img