Memorial circunstanciado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
IESDE – INTELIGÊNCIA EDUCACIONAL E SISTEMAS DE ENSINO
PED – PROGRAMA DE ESPECIALIZAÇÃO DOCENTE
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESCOLAR












RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO (CRÍTICO-REFLEXIVO) CONTENDO ANÁLISE DAS EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS E FORMATIVAS.










VALDIRENE DE JESUSALVES















Palmas de Monte Alto,
dezembro de 2005.







VALDIRENE DE JESUS ALVES








RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO (CRÍTICO-REFLEXIVO) CONTENDO ANÁLISE DAS EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS E FORMATIVAS.















Trabalho crítico-reflexivo sobre a formaçãoprofissional apresentado à tutora Catarina Malheiros da Silva para fins avaliativos do curso de pós-graduação em Gestão Escolar.










Palmas do Monte Alto,
dezembro de 2005.


































A montanha por achar
Há de ter, quando a encontrar,
Um templo aberto na pedra
Da encosta onde nada medra.

O santuário que tiver,Quando o encontrar, há de ser
Na montanha procurada
E na gruta ali achada.

A verdade se ela existe,
Ver-se-á que só consiste
Na procura da verdade,
Porque a vida é só metade.

Mário Quintana. A montanha por achar.
Livro: Espelho Mágico.



ALGUMAS CONSIDERAÇÕES

Valdirene de Jesus Alves¹


O problema não é inventar. É ser inventado hora após hora e nunca ficar pronta nessaedição convincente.
Drummond.


Muitos são os fatos, os acontecimentos e os fenômenos invisíveis que tecem a vida de uma pessoa ao longo de sua história social, os quais são fixados no intelecto, constituindo toda complexidade do ser.

Evocar a minha memória educativa é propor-me a desvendar essa tessitura complexa o que não trata apenas em ressuscitar o passado e revivê-lo, mas em refazê-lo,reconstruí-lo e repensá-lo com imagens e idéias do hoje, do presente. Este mundo de experiências e realizações que vivi não ocorreu de forma isolada ou individual, foi antes de tudo um mundo habitado por outros e com outros, por isso esse memorial não será apenas uma rememoração, mas um repensar compartilhado, um processo de interlocução interna, de reflexão e inferências cuja finalidade é buscaratravés de um “olhar crítico” a construção da minha identidade.

Neste aporte, considerarei uma etapa de minha vida em que não tinha, ainda, o contato com a instituição escolar formalizada, por considerá-la um período de aprendizagens significativas e de grande relevância educativa, muito mais viva em minha memória que a trajetória escolar da alfabetização à 4ª série, evidenciando que aquilo quenos tornamos é também reflexo das vivências experimentadas no meio social, como afirma Brandão (1992 : 07):


Ninguém escapa da educação. Em casa, na rua, na igreja ou na escola, de um modo ou de muitos todos nós envolvemos pedaços da nossa vida com ela: para aprender, para ensinar, para aprender e ensinar. Para saber, para fazer, para ser ou para conviver, todos os dias misturamos a vida com aeducação.



_______________________________________

1- Nascida no dia 06 de junho de 1978 na cidade de Caetité, estado da Bahia, Brasil.


À luz dessas considerações, farei uma rememoração reflexiva dos caminhos por mim trilhados de modo que caracterize o processo de formação dando ênfase aos eventos mais significativos e apoiando sempre na atividade profissional que desempenho –professora. Apresentarei também as perspectivas que vislumbro quanto ao meu futuro profissional, tendo em vista que nunca realizamos plenamente, mas transformamos sempre.




























MEMORIAL DE FORMAÇÃO DOCENTE



É brincando que a gente aprende ²


Sou oriunda de uma família de lavradores pobres, cujos pais possuem um baixo grau de instrução,...
tracking img