Melhoramento florestal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7112 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO

As plantas têm uma grande importância para a humanidade. Utilizamos as plantas diretamente na nossa alimentação e indiretamente para alimentação de animais que fornecerão alimento. Podemos afirmar que o homem depende das plantas para sua sobrevivência. Além disso, as plantas também são utilizadas como vestimenta, energia, habitação, ornamentação e remédio.
O melhoramentogenético de plantas surge a partir da necessidade de atender a demanda populacional na produção de alimentos para o mundo todo. A seleção é uma das principais ferramentas do melhorista independente do tipo de método de melhoramento utilizado.
A seleção é utilizada tanto no melhoramento de espécies autógamas como de alógamas. Um bom melhorista deve possuir uma refinada capacidade de selecionarindivíduos superiores dentro de uma população de plantas geneticamente diferentes.
O presente trabalho tem como objetivo identificar os principais métodos de seleção no melhoramento de plantas, tanto em autógamas, quanto em alógamas. Alguns métodos ocorrem para ambos tipos de plantas.

2 PLANTAS AUTÓGAMAS

As plantas autógamas são aquelas que realizam preferencialmente autofecundação (acima de 95%).A autofecundação ocorre quando o pólen (gameta masculino) fertiliza um óvulo (gameta feminino) da mesma planta. Apesar de preferencialmente realizarem autofecundação, pode ocorrer uma baixa taxa de fecundação cruzada nas espécies autógamas. Esta freqüência depende da população de insetos polinizadores, intensidade do vento, temperatura e umidade.
As plantas autógamas são caracterizadas pelahomozigose. Uma população de plantas autógamas é representada por uma ou várias linhas puras. Como exemplos de espécies autógamas podem citar: arroz, aveia, cevada, feijão, fumo, soja, tomate, trigo.
As plantas autógamas desenvolveram alguns mecanismos que favorecem a autofecundação. Na soja ocorre a cleistogamia, ou seja, a polinização do estigma ocorre antes da abertura do botão foral ouantese. No feijoeiro, a cleistogamia está associado à quilha, que envolve o estigma e os estames numa estrutura em forma de espiral, facilitando a autofecundação. No tomateiro, os estames formam um cone envolvendo o estigma, de tal forma que a autopolinização é quase garantida.

3 PLANTAS ALÓGAMAS

São aquelas que realizam preferencialmente polinização cruzada (acima de 95%). Neste caso, afertilização ocorre quando o pólen de uma planta fertiliza o óvulo da for de outra planta. De acordo com o tipo de for que possuem, as espécies alógamas são divididas em três grupos:

• Plantas com fores hermafroditas: a flor é completa, possuindo os dois sexos. Exemplo: abacate, cebola, cenoura, centeio, maracujá.
• Plantas monóicas: com flores unissexuais femininas e masculinas na mesmaplanta. Exemplo: abóbara, mamona, melancia, melão, milho, pepino e seringueira.
• Plantas dióicas: plantas com fores masculinas e plantas com fores femininas: araucária, mamão, tâmara, kiwi, erva mate.

4 SELEÇÃO DE PLANTAS AUTÓGAMAS

Espécies autógamas são aquelas que apresentam uma alta taxa natural de autofertilização (acima de 95%). Como exemplo de espécies autógamas de importânciaeconômica, podemos citar: arroz, aveia, cevada, trigo, feijão, soja, tomate, entre outras.
No melhoramento de plantas autógamas, o principal conceito que devemos entender é o de linhas puras. A maioria das cultivares de espécies autógamas é formada por linhas puras e o objetivo geral do melhoramento de autógamas é obter linhas puras superiores.

4.1 TEORIA DAS LINHAS PURAS

O biologistadinamarquês W.L. Johannsen desenvolveu a teoria de linhas puras, após estudos realizados com feijão, publicados em 1903 e 1926.
Os experimentos de Johannsen tratavam do efeito da seleção no peso de sementes de feijão da variedade Princess, uma espécie autógama. Inicialmente ele observou que progênies provenientes de sementes mais pesadas apresentavam maior peso médio, enquanto que as derivadas de...
tracking img