Medidas eletricas - prof. marlio bonfim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2156 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UFPR - DELT

Medidas Elétricas

Prof. Marlio Bonfim

Medidas Elétricas
Definição de Medida
Medida é um processo de comparação de grandezas de mesma espécie, ou seja, que possuem
um padrão único e comum entre elas. Duas grandezas de mesma espécie possuem a mesma
dimensão.
No processo de medida, a grandeza que serve de comparação é denominada de grandeza
unitária ou padrão unitário.
Asgrandezas físicas são englobadas em duas categorias :
a) Grandezas fundamentais (comprimento, tempo).
b) Grandezas derivadas (velocidade, aceleração).

Sistema de unidades
É um conjunto de definições que reúne de forma completa, coerente e concisa todas as
grandezas físicas fundamentais e derivadas. Ao longo dos anos, os cientistas tentaram estabelecer
sistemas de unidades universais comopor exemplo o CGS, MKS, SI.

Sistema Internacional (SI)
É derivado do MKS e foi adotado internacionalmente a partir dos anos 60. É o padrão mais
utilizado no mundo, mesmo que alguns países ainda adotem algumas unidades dos sistemas
precedentes.

28/05/02

1

UFPR - DELT

Medidas Elétricas

Prof. Marlio Bonfim

Grandezas fundamentais:
grandeza

unidade

simbologia

metro[m]

Massa

quilograma

[kg]

Tempo

segundo

[s]

Intensidade de corrente

ampères

[A]

Temperatura termodinâmica

kelvin

[K]

Quantidade de matéria

mole

[mol]

Intensidade luminosa

candela

[cd]

Comprimento

Grandezas elétricas derivadas:
grandeza derivada

unidade

dimensão

simbologia

coulomb

[A.s]

[C]

Energia

joule[m2.kg.s-2]

[J]

Potência

watt

[m2.kg.s-3]

[W]

Tensão

volt

[m2.kg.s-3.A-1]

[V]

Resistência

ohm

[m2.kg.s-3.A-2]

[Ω ]

Condutância

siemens

[m-2.kg-1.s3.A2]

[S]

Capacitância

farad

[m-2.kg-1.s4.A2]

[F]

Indutância

henri

[m2.kg.s-2.A-2]

[H]

Freqüência

hertz

[s-1]

[Hz]

Carga

28/05/02

2

UFPR - DELT

MedidasElétricas

Prof. Marlio Bonfim

Análise estatística de dados em medidas
Toda medida experimental está sujeita a erros provenientes de várias fontes, que podem ser
identificados como sendo :
a) Erros grosseiros : erros que ocorrem por falhas de leitura do instrumento pelo operador ou
sistema de aquisição. São facilmente detectáveis após uma análise cuidadosa dos dados.
b) Erros constantes :erros invariáveis em amplitude e polaridade devido a imprecisões
instrumentais. Em geral podem ser facilmente corrigidos pela comparação com um padrão
conhecido da medida.
c) Erros sistemáticos : erros de amplitude variável mas de polaridade constante. Podem ser
eliminados a partir de medidas diferenciais.
d) Erros periódicos : erros variáveis em amplitude e polaridade, mas que obedecem a umacerta lei
(por ex. a não linearidade de um conversor A/D). Podem ser eliminados pela medição repetitiva
sob condições distintas e conhecidas.
e) Erros aleatórios : são todos os erros restantes, possuem amplitude e polaridade variáveis e não
seguem necessariamente uma lei sistemática. São em geral pequenos mas estão presentes em
qualquer medida, provenientes de sinais espúrios, condiçõesvariáveis de observação, ruídos do
próprio instrumento.

Noções de exatidão, precisão e resolução
Em qualquer instrumento de medição é de fundamental importância o conhecimento desses
três parâmetros, que definirão a qualidade final da medida et permitem uma comparação direta entre
instrumentos.

• Exatidão: está relacionada com o desvio do valor lido em relação ao valor padrão ou valor exato.
Ex: padrão = 1,000 Ω ;

instrumento (a) = 1,010 Ω ; instrumento (b) = 1,100 Ω

⇒ (a) é mais exato que (b).
28/05/02

3

UFPR - DELT

Medidas Elétricas

Prof. Marlio Bonfim

• Precisão: está relacionada com a repetibilidade, i. e., o grau de proximidade entre várias
medidas consecutivas.
Ex: instrumento (a)

leitura 1 = 1,002 Ω

instrumento (b) leitura 1 = 1,101 Ω

leitura...
tracking img