Mecanismos de endurecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1033 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Mecanismos de endurecimento de metais

1

MECANISMOS DE ENDURECIMENTO DE METAIS

Eng.os metalurgistas e Eng.os de materiais visam o "projeto" de ligas com elevadas resistência mecânica (SE 0,2%), ductilidade (A% e RA%) e tenacidade (resistência ao impacto). Entretanto, freqüentemente, a ductilidade e a tenacidade são reduzidas quando uma liga sofre endurecimento. Como as deformaçõesplásticas macroscópicas correspondem ao movimento de um grande número de discordâncias, a habilidade de um metal deformar plasticamente depende, basicamente, da movimentação de suas discordâncias. As técnicas de endurecimento em metais contam com um princípio simples: Quanto maior for a restrição ao movimento de discordâncias, maior será a resistência mecânica de um material metálico.

PRINCIPAISMECANISMOS DE ENDURECIMENTO EM METAIS
1)- Endurecimento pela redução do tamanho de grão 2) Endurecimento pela formação de solução sólida 3) Endurecimento por encruamento 4) Endurecimento por dispersão de partículas 4.1) Endurecimento por dispersão de partículas incoerentes 4.2) Endurecimento por dispersão de partículas coerentes

1) ENDURECIMENTO PELA REDUÇÃO DO TAMANHO DE GRÃO Em um metalpolicristalino, o tamanho dos grãos (diâmetro médio dos grãos) exerce influência sobre as propriedades mecânicas. Grãos adjacentes possuem diferentes orientações cristalinas e um contorno de grão em comum. Os contornos de grão atuam como barreiras para a movimentação de discordâncias por duas razões: 1- Como os grãos possuem orientações diferentes, uma discordância que se movimenta do grão A para B, devemudar sua direção de movimento; e isso, é mais difícil quanto maior for a diferença entre orientação entre os grãos. 2- A desordem atômica na região de um contorno de grão resulta em uma descontinuidade no plano de escorregamento de um grão para outro.

Marcelo F. Moreira

Mecanismos de endurecimento de metais

2

É importante mencionar que: As discordâncias não ultrapassam contornos degrão de alto ângulo, mas, a tensão gerada no plano de escorregamento de um grão pode ativar fontes de novas discordâncias em outros grãos. Materiais com grãos finos são mais resistentes que materiais com grãos grosseiros porque sua área de contornos de grão é maior e assim dificulta a movimentação de discordâncias. Para muitos materiais, a tensão de escoamento (σy) varia com o tamanho de grão deacordo com a relação: σy = σ0 + ky .d (- 1/2) onde: d é o diâmetro médio dos grãos σ0 e ky são constantes para um dado material

Marcelo F. Moreira

Mecanismos de endurecimento de metais

3

2) ENDURECIMENTO PELA FORMAÇÃO DE SOLUÇÃO SÓLIDA O endurecimento por solução sólida consiste na adição de elementos de liga, visando a formação de soluções sólidas substitucionais ou intersticiais(dependendo da relação de tamanhos atômicos entre o solvente e o soluto). As ligas metálicas são mais resistentes que metais puros porque os átomos do elemento de liga (soluto) impõem tensões e deformações no reticulado ao redor destes átomos. A interação entre estes campos de tensão e as discordâncias provoca, conseqüentemente, uma restrição no movimento das discordâncias, endurecendo a liga. (Note quenão existe a presença de uma nova fase). Existem interações entre discordâncias e átomos em solução sólida. As deformações no reticulado provocadas pela presença de uma discordância formam sítios que acomodam átomos substitucionais e reduzem as tensões no reticulado.

Marcelo F. Moreira

Mecanismos de endurecimento de metais

4

3) ENDURECIMENTO POR ENCRUAMENTO O endurecimento porencruamento é um processo de endurecimento, no qual um metal dúctil torna-se mais resistente e duro na medida em que é deformado plasticamente. Muitas vezes este tipo de endurecimento é chamado endurecimento a frio ("cold hardening") ou endurecimento por trabalho mecânico ("work hardening"). Este foi, provavelmente, o primeiro mecanismo de endurecimento conhecido pelo homem. Em 1540, um livro...
tracking img