Max weber

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1872 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ – UFPI
CENTRO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA – CCN
DEPARTAMENTO DE FÍSICA
DISCIPLINA: SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
PROFº.: ASCÂNIO WANDERLEY

MAXIMILIAN CARL EMIL WEBER

DEYCKSONY MAYRON
GLEYCE KELLY M. DOS SANTOS
GLEYDSON PABLO R. VELOSO
LUIZ CARLOS DOS S. SILVA
LUIZ ORLANDO A. DOS SANTOS
NAIARA ALVES DE MORAES
VICTOR HUGO VAZ BRANDÃO

TERESINA, PIAUÍ
ABRIL -2012
Maximilian Carl Emil Weber foi um importante sociólogo, jurista, historiador e economista alemão. Weber é considerado um dos fundadores do estudo sociológico moderno. Seus estudos mais importantes estão nas áreas da sociologia da religião, sociologia política, administração pública (governo) e economia. Nascido na cidade de Erfurt-Alemanha em 21 de abril de 1864, Weber faleceu na cidade deMunique-Alemanha em 14 de junho de 1920.
As principais realizações de Weber foram:
* Estudos nos campos da economia, sociologia política, religião e administração pública.
* Prestou consultoria aos negociadores da Alemanha no Tratado de Versalhes.
* Prestou consultoria à comissão que redigiu a Constituição de Weimar. 
Tendo como principais obras:
* A Ética Protestante e o espíritodo capitalismo (1903)
* Estudos sobre a Sociologia e a Religião (1921)
* Estudos de Metodologia (1922)
* Política como vocação
As principais frases
* "Regra é, antes de tudo gestão da vida cotidiana."
* "Não se teria jamais atingido o possível, se não se houvesse tentado o impossível." 
ECONOMIA E SOCIEDADE
Para Weber a sociedade pode ser compreendida a partir do conjuntodas ações individuais. Estas são todo tipo de ação que o indivíduo faz, orientando-se pela ação de outros. Só existe ação social, quando o indivíduo tenta estabelecer algum tipo de comunicação, a partir de suas ações com os demais.
Weber aparece com um conceito sobre a teoria sociológica a categoria de ação, considerado por ele o objeto da sociologia. A ação é um comportamento humano ao quais osindivíduos vinculam um significado subjetivo e a ação é social quando está relacionada com outro indivíduo. A análise da teoria weberiana como ciência tem como ponto de partida a distinção entre quatro tipos de ação social:
* A ação racional com relação a um objetivo é determinada por expectativas no comportamento tanto de objetos do mundo exterior como de outros homens e utiliza essasexpectativas como condições ou meios para alcance de fins próprios racionalmente avaliados e perseguidos. É uma ação concreta que tem um fim especifico, por exemplo: o engenheiro que constrói uma ponte;
* A ação racional com relação a um valor é aquela definida pela crença consciente no valor - interpretável como ético, estético, religioso ou qualquer outra forma - absoluto de uma determinada conduta.O ator age racionalmente aceitando todos os riscos, não para obter um resultado exterior, mas para permanecer fiel a sua honra, qual seja, à sua crença consciente no valor, por exemplo, um capitão que afunda com o seu navio;
* A ação afetiva é aquela ditada pelo estado de consciência ou humor do sujeito, é definida por uma reação emocional do ator em determinadas circunstâncias e não emrelação a um objetivo ou a um sistema de valor, por exemplo, a mãe quando bate em seu filho por se comportar mal;
* A ação tradicional é aquela ditada pelos hábitos, costumes, crenças transformadas numa segunda natureza, para agir conforme a tradição o ator não precisa conceber um objeto, ou um valor nem ser impelido por uma emoção, obedece a reflexos adquiridos pela prática.
Na ótica weberiana, asociologia é essencialmente hermenêutica, ela está em busca do significado e dos motivos últimos que os próprios indivíduos atribuem as suas ações: é neste sentido que a sociologia é sempre "compreensiva”. O principal objetivo de Weber é compreender o sentido que cada pessoa dá a sua conduta e perceber assim a sua estrutura inteligível e não a análise das instituições sociais como propunha...
tracking img