Material n°01

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1007 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
| DISCIPLINA: ESTATÍSTICA APLICADA À GEOGRAFIA |PROFESSOR: GEORGE |
| | |
|ALUNO(A):| |
| | |
|“O fraco só consegue se afirmar negando àquele a quem não consegue vencer”. (Nietzsche) |


FASES DO MÉTODO ESTATÍSTICO

Podemos distinguir nométodo estatístico as seguintes fases:

Coleta de Dados

A coleta de dados numéricos pode ser direta ou indireta.

A coleta é direta quando feita sobre elementos informativos de registro obrigatório (nascimentos, casamentos e óbitos, importação e exportação de mercadorias), elementos pertinentes aos prontuários dos alunos de uma faculdade ou, ainda, quando os dados são coletados pelo próprio pesquisadoratravés de inquéritos e questionários, como é o caso das notas de verificação e de exames, do censo demográfico etc.

A coleta direta de dados pode ser classificada relativamente ao fator tempo em:

a. contínua (registro) – quando feita continuamente, tal como a de nascimentos e óbitos e a de freqüência dos alunos às aulas;

b. periódica – quando feita em intervalos constantes de tempo,como os censos (de 10 em 10 anos) e as avaliações periódicas dos alunos;

c. ocasional – quando feita extemporaneamente, a fim de atender a uma conjuntura ou a uma emergência, como no caso de epidemias que assolam ou dizimam rebanhos inteiros.

A coleta se diz indireta quando é inferida de elementos conhecidos (coleta direta) e/ou do conhecimento de outros fenômenos relacionados com o fenômenoestudado. Como exemplo, podemos citar a pesquisa sobre a mortalidade infantil, que é feita através de dados colhidos por uma coleta direta.

Crítica dos Dados

Obtidos os dados, eles devem ser cuidadosamente criticados, à procura de possíveis falhas e imperfeições, a fim de não incorrermos em erros grosseiros ou de certo vulto, que possam influir sensivelmente nos resultados.

A crítica é externaquando visa às causas dos erros por parte do informante, por distração ou má interpretação das perguntas que lhe foram feitas; é interna quando visa observar os elementos originais dos dados da coleta.

Apuração dos Dados

Nada mais é do que a soma e o processamento dos dados obtidos e a disposição mediante critérios de classificação. Pode ser manual, eletromecânica ou eletrônica.

Exposição ouApresentação dos Dados

Por mais diversa que seja a finalidade que se tenha em vista, os dados devem ser apresentados sob forma adequada (tabelas ou gráficos), tornando mais fácil o exame daquilo que está sendo objeto de tratamento estatístico e ulterior obtenção de medidas típicas.

Análise dos resultados

Como já dissemos, o objetivo último da Estatística é tirar conclusões sobre o todo(população) a partir de informações fornecidas por parte representativa do todo (amostra). Assim, realizadas as fazes anteriores (Estatística Descritiva), fazemos uma análise dos resultados obtidos, através dos métodos da Estatística Indutiva ou Inferencial, que tem por base a indução ou inferência, e tiramos desses resultados conclusões e previsões.

DEFINIÇÕES BÁSICAS DA ESTATÍSTICA
FENÔMENO ESTATÍSTICO: équalquer evento que se pretenda analisar, cujo estudo seja possível da aplicação do método estatístico. São divididos em três grupos:
Fenômenos de massa ou coletivo: são aqueles que não podem ser definidos por uma simples observação. A estatística dedica-se ao estudo desses fenômenos. Ex: A natalidade na Grande Vitória, O preço médio da cerveja no Espírito Santo, etc.
Fenômenos individuais:...
tracking img