Maria antonieta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1657 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Maria Antonieta de Sofia Coppola




A arte moderna primava pela originalidade; é possível identificar as idiossincrasias de todos os grandes autores modernos. Da mesma forma, era responsabilidade dos artistas modernos a coerência e a lógica, em uma palavra, a seriedade de suas obras. Pois é justamente com isso que a arte pós-moderna se propõe a romper. Em vez de artistascompromissados com a seriedade, temos artistas brincalhões; em vez de homens que tem na arte uma missão, um veículo para a transmissão de uma mensagem, muitas vezes humanista e libertadora, temos artistas que deliberadamente constroem obras desprovidas de propósito ou de mensagem, obras que existem simplesmente por existir, destinadas apenas à decoração; no lugar das obras densas e profundas dos artistasmodernos, temos as obras de confessada futilidade e leveza, sem as pretensões de genialidade que outrora norteavam as ambições dos artistas.

Com a arte moderna, devido às idiossincrasias dos autores, era possível fazer imitações, e essas imitações tinham um sabor de ironia, de acidez e de crítica; era a chamada paródia. Dentro do que poderíamos chamar de proposta pós-moderna, na qual aoriginalidade goza de pouco prestígio (e é rara), a própria paródia perde muito de seu sentido, tornando-se uma figura de linguagem um tanto descontextualizada. Dessa forma – sem a originalidade dos autores modernos, e sem a possibilidade da imitação irônica e crítica – que linguagem falaria a arte pós-moderna? A arte pós-moderna cria uma nova figura de linguagem: o pastiche. O pastiche também é umaimitação, mas não tem as intenções críticas da paródia; segundo Jameson, ele é pálido, ou seja, é inócuo, é gratuito.

Outra característica da arte pós-moderna – que tem parentesco com o pastiche – é o eterno presente. Ou seja, o passado, na arte pós-moderna, se mescla com o presente, os elementos próprios de cada um estão sempre contaminando o outro. Podemos ouvir gírias atuais na boca depersonagens do século XVII, ou (como em Romeu e Julieta) personagens contemporâneos falando uma linguagem do século XVI. O passado é visto como um depósito, uma prateleira da qual se pode extrair aquilo que se desejar, da forma como se achar mais (in)conveniente. O anacronismo chega a se tornar uma virtude.

Seguindo este mesmo princípio, temos um descaso com relação ao fato. De acordo com os“pós-modernos” (e seguindo tendências teóricas baseadas em estudiosos da linguagem como o estruturalista Saussure, ou os pós-estruturalistas Derrida e Foucault), não existiria uma diferença significativa entre o fato e a ficção. Como diz Linda Hutcheon, a pós-modernidade trouxe consigo a “meta-ficção historiográfica”, que consiste, basicamente, numa técnica narrativa em que o autor,propositalmente, embaralha em sua trama personagens e fatos que realmente existiram com personagens e fatos que só existiram na imaginação. Com isso, segundo Hutcheon, denuncia-se o caráter estritamente lingüístico da realidade.

Sendo assim, não é mais um crime contra a história pôr na boca de personagens como Luiz XIV palavras que ele nunca disse, ou contar a sua história de uma forma que ela nuncaaconteceu (como no filme O Homem da Máscara de Ferro) – a verdade é aquilo que se diz.

È imbuída destes princípios estéticos que Sofia Coppola constrói a narrativa (se é que se pode chamar assim) de seu filme Maria Antonieta. A diretora – e roteirista do filme – lança mão de uma personagem histórica e conta sua biografia (ou sua versão descompromissada e propositalmente irresponsável destabiografia) mesclando elementos anacrônicos, como a trilha sonora, que é atualíssima, as formas de sensibilidade (que não tem nada a ver com a época em que se ambienta a história), além de outros elementos que veremos a seguir.

No dia 24 de Março de 2006, o filme foi lançado no festival de Cannes. Era um filme esperadíssimo, não por ser uma obra da filha do conhecido e reconhecido...
tracking img