Maquiavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3529 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PRÍNCIPE.

Esse fichamento tem como objetivo ligar as referências feitas por Maquiavel ao atual ambiente organizacional, mesmo sabendo que suas palavras foram escritas há tanto tempo atrás, em torno de 1513-1516, elas ainda repercutem na nossa realidade atual.

O trabalho feito por Maquiavel tem seu principal tema baseado nas ciências políticas, em questões como chegar ao poder epermanecer no poder. Seu livro fora escrito para o príncipe Lorenzo II, aonde seus ensinamentos deixam perplexos os politicamente corretos, pois ensinam o príncipe á agir com o intuito de se prolongar no poder, aonde a ética é esquecida para beneficiar a imagem do príncipe. É preciso também compreender o contexto histórico na qual o livro fora escrito, o mundo estava saindo da época medieval cristã, eentrando na chamada época renascentista
Como os textos do príncipe de Maquiavel se aplicam nas organizações atuais? Como o líder de uma grande empresa deve atuar diante do atual cenário empresarial, aonde tem de administrar acionistas, funcionários, fornecedores e stakeholders em geral?
Quem foi Nicolau Maquiavel, como ele conseguiu tamanha sabedoria em marketing, diplomacia e política? Essasperguntas necessitariam de outro trabalho acadêmico para ser respondidas com mais precisão, porem fazer alguns parêntesis nas frases ditas por Maquiavel deixa claro a busca pelo poder.
É inegável a capacidade que o livro tem de abrir os olhos do leitor para a malícia dos governantes e de como o povo é volúvel as pretensões dos lideres atuais.
Nicolau Maquiavel foi um homem de varias profissõeschegando a atuar como escritor, estadista e filosofo. Mas foi como cientista político que obteve maior notoriedade, sendo considerado o fundador da ciência política moderna.
Foi o pioneiro na sistematização da amoralidade inerente á conquista e exercício do poder. Suas idéias exemplificadas no livro ‘’ O príncipe. ’’ levaram até mesmo Napoleão Bonaparte á comentar seu livro. Sem duvida foi um livrode grande importância para a administração, pois fala de temas como competitividade e liderança.



(P. 11) Nicolau Maquiavel ao magnífico Lorenzo de Medici.

Maquiavel dá inicio a sua obra dedicando-a a Lorenzo II da Casa dos Médici.

(P. 12) CAP. I: De quantas espécies são os principados e dos modos de conquistá-los.

Segundo Maquiavel todos os Estados são republicas ou principados.Os principados ou são hereditários ou novos. Os novos ou são totalmente novos (recém-criados) ou anexados a um Estado por herança. Esses anexos ou estão acostumados à sujeição do príncipe que o anexa ou são livres e são adquiridos com tropas de outros ou próprias. Conquistadas pela fortuna ou pelo mérito.(...)


Cap. II: Dos principados hereditários.

Maquiavel decidiu não falar sobre arepública e se concentrará inteiramente nos principados. Manter e governar um principado hereditário é fácil, pois o povo já é afeiçoado a família, bastando somente ao novo príncipe seguir a linha de atuação da família.

Cap. III: Dos principados Mistos.

São principados anexados a um Estado hereditário e suas principais dificuldades são as mesmas dos principados novos.

(P. 13) São teus inimigostodos aqueles que se sentiram ofendidos pela invasão e todos aqueles que te ajudaram a tomar o lugar do antigo senhor, pois você estará em debito com eles e não poderá utilizar-se de remédios fortes contra eles.

Mesmo que o príncipe tenha um exército forte sempre necessitará do apoio popular para entrar em uma província. Caso o Estado conquistado e anexado seja da mesma língua e província, eleserá facilmente submetido, sobretudo se não estiverem acostumados a viver livres, bastando apenas destruir a antiga linhagem, manter os costumes e não alterando ou aumentando imediatamente as leis e os impostos.

Mas quando se conquista uma província de língua, leis e costumes diferentes são necessários habilidade e sorte para conserva-lá. Um modo eficaz é o príncipe mesmo ir habita-lá e assim...
tracking img