Mao de obra avicultura indutrial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2511 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ – UNIOESTE










O IMPACTO DO ÊXODO RURAL SOBRE A DISPONIBILIDADE DE MÃO DE OBRA PARA A AVICULTURA INDUSTRIAL DE CORTE NAS PROPRIEDADES RURAIS FAMILIARES DO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR


MARCELO DAVID MENEGAT






TOLEDO
2011
MARCELO DAVID MENEGAT



O IMPACTO DO ÊXODO RURAL SOBRE A DISPONIBILIDADE DE MÃO DE OBRA PARA AAVICULTURA INDUSTRIAL DE CORTE NAS PROPRIEDADES RURAIS FAMILIARES DO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR






Projeto apresentado como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel em Ciências Econômicas, do curso de Graduação em Ciências Econômicas do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UNIOESTE/Campus de Toledo.

Orientador:Professor Msc. Ariel Gustavo Letti














TOLEDO
2011

1. INTRODUÇÃO


A avicultura industrial de corte é considerada neste trabalho a atividade de criação de frangos em sistema denominado de “parceria” entre um produtor rural e uma agroindústria. Nesse sistema, o produtor rural fornece as instalações, equipamentos, maravalha e a mão de obra para a criação dolote de frangos, iniciando a produção com pintos de 1 dia de idade, até o peso de abate considerado ideal pela agroindústria. A agroindústria por sua vez, fornece os animais, rações, medicamentos e assistência técnica e remunera o trabalho do produtor na criação do lote e cobre os custos de produção.
Os principais fatores que determinam a remuneração do produtor são o índice de mortalidade ea taxa de conversão alimentar. Dessa forma, a remuneração do produtor depende principalmente da disponibilidade deste em monitorar os instrumentos disponíveis para proporcionar aos frangos um ambiente ideal como temperatura adequada, quantidade de água e ração suficientes, medicamentos e sanidade, conjunto de fatores que convergem em um bom manejo do aviário (ABREU, 2010) e que demanda mão deobra.
No sistema de parceria, o produtor tem a garantia de vender a sua produção quando esta atingir o peso de abate adequado para a agroindústria e assim fica protegido das oscilações de preço do mercado de frango, diferentemente dos produtores que não estão integrados às agroindústrias e vendem sua produção no mercado SPOT (mercado do produto acabado para venda e com pronta disposição para aentrega).
Para as agroindústrias, esse sistema oferece otimização de custos e de qualidade de matéria-prima, visto que a empresa terá garantia de abastecimento na quantidade e no peso desejado, controla o custo das rações e medicamentos e remunera o produtor de acordo com o seu desempenho zootécnico. Poderá também exigir dos seus produtores integrados padrões de criação que permitamatender as exigências dos seus mercados clientes.
No Oeste Paranaense, a produção de frangos é uma atividade que, está associada à mão de obra familiar em pequenas propriedades (BELUSSO, 2010). A agricultura familiar é definida pelo instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) como as propriedades que atendem à lei nº 11.326 de 24 de Julho de 2006: a área do estabelecimento ouempreendimento rural não excede quatro módulos fiscais, que segundo o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) no município de Toledo representa 71,9 hectares; a mão de obra utilizada nas atividades econômicas desenvolvidas é predominantemente da própria família; a renda familiar é predominantemente originada dessas atividades; e o estabelecimento ou empreendimento é dirigido pela família.No Brasil, a agricultura familiar representava 84,4% dos estabelecimentos rurais até o ano de 2006. O número de estabelecimentos familiares reduziu 10,6% entre 1996-2006 e a área rural familiar reduziu 25% no mesmo período. Porém o Valor Bruto de Produção cresceu 100%, de R$ 47,8 Bilhões para R$ 95,1 Bilhões, mostrando que mesmo com um número menor de estabelecimentos, houve uma melhora na...
tracking img