Manufatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3336 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA
INSTITUTO SUPERIOR TUPY – IST
TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

PROJETO INTEGRADOR DE MANUFATURA

Itajaí/ Santa Catarina

Agosto/2011
Rodrigo Kuhn Siqueira – 111005615

PROJETO INTEGRADOR DE MANUFATURA EM MASSA
E MANUFATURA ENXUTA

Projeto Integrador orientado pela Profª. Kátia Cristina Reimer Siedschlag, do Curso de Tecnologia emProcessos Gerenciais, submetido ao Instituto Superior Tupy, para obtenção de nota final na disciplina de Projeto Integrador de Manufatura.

Itajaí/Santa Catarina
Agosto/2011

SUMÁRIO

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA 1
Projeto Integrador orientado pela Profª. Kátia Cristina Reimer Siedschlag, do Curso de Tecnologia em Processos Gerenciais, submetido ao Instituto Superior Tupy, paraobtenção de nota final na disciplina de Projeto Integrador de Manufatura. 2

1 INTRODUÇÃO

O objetivo deste trabalho é propiciar um melhor entendimento dos diferentes paradigmas estratégicos relacionados à Manufatura. Desde o conceito de Manufatura em Massa, e sua aplicação em uma empresa têxtil, até aos avanços relacionados à Manufatura Enxuta e seus principais princípios.

O termo Produção emMassa indica a produção em larga escala de produtos padronizados através de linhas de montagem. Popularizado por Henry Ford, Este modo de produção foi iniciado no século 20, na linha de produção do modelo Ford T.

A Produção em massa utiliza alta proporção de máquinas em relação ao número de trabalhadores. Desta forma, o custo do trabalho fica mais baixo e aumenta a taxa de produção, com isso aproporção de capital aumenta enquanto as despesas correntes diminuem, quando comparados com outros modos de produção. Faz uso intensivo de capital, ou seja, o montante necessário para montar o contingente de máquinas de uma fábrica é tão alto, que é necessário uma segurança financeira, pois é preciso que o retorno deste investimento seja garantido, para que investiu o capital assuma o risco.

Como tempo a produção em massa tornou-se um meio de produção muito utilizado, pois permitiu produtos a preços baixos com altas taxas de produção por trabalhador.

A Produção em massa prosperou principalmente nos Estados Unidos, porque existia abundância de recursos e um mercado pouco competitivo e inexplorado. Porém, com o acirramento da concorrência japonesa, que produzia automóveis melhores,com menor custo de produção e com uma produtividade superior à dos países desenvolvidos ocidentais, fez com que os fabricantes americanos e mais tarde o mundo inteiro, passassem a adotar as técnicas da Produção enxuta ou Sistema Toyota de Produção. Assim começa a sair de cena a Produção em massa e entra a Produção enxuta.
É possível identificar, dentro desse contexto, diferentes vertentes depensamento em relação aos papéis que a Manufatura em Massa ainda exerce e a Manufatura Enxuta desempenha e desempenhará nos anos seguintes. A primeira destas vertentes entende que as ideias difundidas pela Manufatura em massa não são erradas, são tecnologicamente obsoletas. Nas palavras de WENTZ (1999): “a manufatura em massa não funciona mais; a empresa não pode mais basear-se nela para planejar,organizar e controlar seu negócio”. Quando o objetivo estratégico a ser seguido é o preço baixo, apesar de existirem novas estratégias de Gestão da Manufatura mais modernas e muitas vezes melhores, a Manufatura em Massa ainda não pode ser batida. Nas palavras de LAU (1995): “muitas técnicas da Manufatura em Massa ainda são utilizadas em empresas e de maneira lucrativa, portanto, é muito cedo paraprever o fim da manufatura em massa”.
Existem várias definições para a Manufatura Enxuta (ME). Nas palavras de WOMACL & JONES (1998): “ME é uma abordagem que busca uma forma melhor de organizar e gerenciar os relacionamentos de uma empresa com seus clientes, cadeia de fornecedores, desenvolvimento de produtos e operações de produção, segundo a qual é possível fazer cada vez mais com menos”. A...
tracking img