Manisfesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (692 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. O Manifesto comunista

1.1. Burgueses e Proletários
Deste o começo da historia vivemos na base do opressor e do oprimido, nomes esses que foram sendo modificados ao decorrer da historia: homemlivre e escravo, senhor e servo... E durante a segunda revolução industrial, período em que Karl Marx e Friedrich Engels bolavam suas idéias juntos, essa relação era conhecida como Burguês eProletariado, ou seja, Chefe corporativo e assalariado.
Embora a burguesia seja a nova força opressora do mundo, Marx e Engels, admitem a evolução que eles trouxeram como tirarem o mundo da monarquia e dopoder religioso, e dando maior liberdade econômica. Ou seja, a burguesia nasceu a partir de grandes revoluções que ela mesma fez para se continuar no poder até hoje.
Essa revolução nos dias atuaisimplica na enorme expansão comercial, onde so importa o dinheiro, ou seja, durante a revolução industrial saímos dos artesanatos, produtos que eram feito a mão e demorava muito tempo para que um únicoexemplar ficasse pronto, e entramos na era industrial, onde todos os produtos eram feitos em massa. Assim mais produção era igual a mais dinheiro. Mas para se produzir tanto, se precisa de mão de obra, eé ai que o proletariado entra.
A burguesia desconsiderava os proletariados, ate perceber que tudo era um ciclo. Você utiliza da força do seu assalariado, paga ele com dinheiro, e ele gasta essedinheiro com outros burgueses. Sendo que isso só é bom para os burgueses, os proletariados ficam marginalizados, considerados como peças de um jogo muito maior que quem comanda é o mundo burguês.
Em ummundo comunista, isso é a base para a destruição da burguesia e a ascensão do proletariado.
“a condição essencial para a existência e para o poder da classe burguesa é a formação do capital. Acondição para o capital é o trabalho assalariado. [...] O que a burguesia produz, portanto, são seus próprios coveiros. A queda e a vitoria do proletariado são igualmente inevitáveis.”

1.2. Proletários...
tracking img