Manipulacao da linguagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1918 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
|Eufemismo |
|Manipulação da linguagem. |
| |
|O eufemismo suaviza a linguagem para não retratar a realidade nua e crua. |
|Através de uma entrevista, daremos exemplos para retratar aexplicação da figura|
|de linguagem. |
| |
|Marcella Fischer Nunes. |
|20-10-2010 |
||

[pic]

“Manipulação da linguagem que diminui o impacto da realidade”.

Realizado por:
• Bárbara Martins
• Brenda Santos
• Camilla Pinheiro
• Caroline Carvalho
• Marcella Fischer
Turma FM111
Índice:

Entrevistas

Eufemismo

Disfarces com eufemismo

Onde o eufemismo é usado

Diferentes eufemismos

Eufemismo retóricoMotivações para o uso de eufemismo

Crença nas palavras eufêmicas

Eufemismo contemporâneo

Entrevistas:

Primeiro mostraremos algumas entrevistas em que iremos nos basear ao longo do trabalho.

Lula: crise é tsunami nos EUA e, se chegar ao Brasil, será 'marolinha'
Ricardo Galhardo - O Globo

SÃO BERNARDO DO CAMPO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a minimizar os efeitos dacrise americana no Brasil, neste sábado, em São Bernardo do Campo, depois de participar de carreata ao lado do candidato a prefeito da cidade, o ex-ministro Luiz Marinho, afirmando:

- Lá (nos EUA), ela é um tsunami; aqui, se ela chegar, vai chegar uma marolinha que não dá nem para esquiar.

O presidente disse ainda que foi a ganância que levou à queda brusca das ações daAracruz Celulose e daSadia . Para Lula, as empresas teriam especulado contra a moeda brasileira em operações de câmbio. Juntas, elas perderam mais de R$ 2,7 bilhões em operações envolvendo a cotação futura do dólar. Na verdade, porém, como mostra reportagem do Globo, neste domingo, as duas empresas apostavam na manutenção do real forte frente ao dólar. Mas a moeda americana sofreu forte valorização nos últimos meses, comoefeito da crise.

- Estas empresas, no fundo, no fundo, estavam especulando contra a moeda brasileira. Portanto, elas não tiveram prejuízo, elas praticaram por conta própria, por ganância, este prejuízo. Isso não é da crise, não. Isso é problema delas que tentaram especular de forma pouco recomendável - afirmou o presidente.

Em campanha no principal centro da indústria automobilísticabrasileira, Lula disse ainda que não vê motivos para que empresa General Motors do Brasil (GM) conceda férias coletivas aos funcionários. Segundo ele, a empresa nunca produziu tanto no Brasil como agora e a preocupação do governo é o excesso de demanda no setor e não uma recessão.

Nos EUA, a crise é uma tsunami. Aqui é uma marola, que não dá nem para esquiar

- Não tem motivos para a GM fazer isso.Eles nunca produziram tanto como agora. O problema da indústria automobilística é de demanda, não de falta de demanda - disse Lula.

Em longa entrevista, Lula voltou a refutar a possibilidade de um pacote para conter a crise americana .Lula tem falado diariamente com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e com o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

- Não vai ter pacote. Teremosmedidas pontuais.

O presidente evitou antecipar a possibilidade de uma queda mais acelerada das taxas de juros por conta da crise estrangeira. Lula preferiu elogiar o papel do Banco Central no sucesso de sua política econômica e disse que as medidas acontecerão no tempo certo.

- Tudo acontecerá no tempo certo. O Banco Central tem sido importante na condução da política econômica -...
tracking img