Manifesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1005 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Manifesto do partido comunista (Humanismo radical)

História da humanidade é a luta de classes: homem livre e escravo, membro das corporações e aprendiz- opressores e oprimidos. Época do manifesto- burguesia e proletariado

Raízes históricas: Descoberta da América, circunavegação da áfrica, comércio com as colônias, aumento dos meios de troca e queda do feudalismo. Surge então a manufatura. Otrabalho deixa de ser dividido entre várias oficinas e passa a ter uma divisão interna na oficina.

A manufatura posteriormente foi substituída pela mecanização- revolução industrial e a burguesia moderna- criando o mercado mundial (raiz da globalização).

Palavra importante: Comuna- Pequenas cidades nascentes

No feudalismo as pessoas se mantinham amarradas a seus superiores naturais. Issonão prosperou aqui, já que agora a relação era lastreada pelo interesse nu e cru do cálculo financeiro. Antes a exploração era encoberta por ilusões religiosas e políticas. Agora ela torna-se aberta, direta e seca.

Para grande pesar dos reacionários, a burguesia retirou a base nacional da indústria. As indústrias nacionais foram, e ainda são, a cada dia destruídas. São substituídas por novasindústrias, cuja introdução se tornou essencial para todas as nações civilizadas.

Os meios de produção e de circulação, sobre os quais a burguesia se apoia, formaram-se na sociedade feudal.

Modos de superação de crises na sociedade burguesa
- Destruição forçada de grande quantidade de forças produtivas
- Conquista de novos mercados e da exploração mais intensa de mercados antigos.
-Divisão do trabalho, expansão da maquinaria- o trabalho deixa de interessar ao trabalhador.

O mundo moderno seria composto por uma gama de explorações: do trabalho, dos proprietários de imóveis, do dono da mercearia, do agiota, etc.

Os proletários não se juntam para lutar contra seus inimigos, mas sim contra os inimigos dos inimigos. Contudo, com o desenvolvimento da indústria, o proletariado seune em grandes massas. Sua força aumenta e ele a reconhece cada vez mais.

O verdadeiro resultado de suas lutas não é o sucesso imediato, mas a união crescente. Ela é incentivada pela expansão dos meios de comunicação, produzidos pela grande indústria, que colocam os trabalhadores das mais diversas localidades em contato.

Matriz da mudança radical: o proletariado, a camada mais inferior dasociedade atual, não pode levantar-se, colocar-se de pé, sem mandar pelos ares todas as camadas superpostas que constituem a sociedade oficial.

A burguesia não encontra modos de manter-se como classe dominante. Isso porque ela se vê obrigada a permitir que o seu escravo decaia a tal ponto que precisa alimentá-lo ao invés de ser alimentada por ele. (...) A condição de existência do capital é otrabalho assalariado. Este se baseia na concorrência entre os trabalhadores. O progresso da indústria, de que a burguesia é o agente passivo e inconsciente, substitui o isolamento dos trabalhadores, decorrente da concorrência, pela união revolucionária, através da associação.

Neste sentido, os comunistas podem resumir sua teoria em uma única expressão: supressão da propriedade privada. (...) Opreço médio do trabalho assalariado é o mínimo de salário, isto é, a soma dos meios de subsistência necessários para manter vivo o trabalhador enquanto trabalhador.

Vocês se horrorizam com o fato de que queremos abolir a propriedade privada. No entanto, a propriedade privada foi abolida para nove décimos dos integrantes de sua sociedade. Ela existe para vocês exatamente porque para nove décimos elanão existe. (...) O comunismo não retira a ninguém o poder de apropriar-se de produtos sociais; apenas suprime o poder de, através desta apropriação subjugar trabalho alheio.

Se houvesse uma ditadura do proletariado, com os meios de produção concentrados no Estado, não haveria uma disputa interna de poder ou um colapso do próprio sistema pela inação:!!!

O comunismo na prática desejava...
tracking img