Manguezais e carcinicultura no baixo sul do estado da bahia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2660 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil, 30 de abril a 05 de maio de 2011, INPE p.5002

Manguezais e carcinicultura no Baixo Sul do Estado da Bahia, Brasil José Martin Ucha 1 Gisele Mara Hadlich 2 Eric George dos Santos Carvalho 3 Centro Federal de Educação Tecnológica – CEFET-BA Rua Emídio dos Santos, s/n. – 40310-015 – Salvador – BA, Brasilucha@cefetba.br Universidade Federal da Bahia – IGEO/UFBA Av. Barão Geremoabo, s/n. – Instituto de Geociências – 40170-290 – Salvador – BA, Brasil gisele@ufba.br Geógrafo, Esp. Gerenciamento Ambiental Rua da Maçonaria, Lot 01, Qd 33 – 41710690 – Salvador – BA, Brasil navegeric@hotmail.com
Abstract. The Geo, specifically remote sensing can contribute to the identification and mapping of coastal ecosystems.This study aims to use digital imaging to map mangroves in part of the coastal of the Territory of Identity “Baixo Sul” of the Bahia State. It aims also to evaluate the use of free tools - Spring software and Landsat 7-ETM images distributed by INPE – to the proposed mapping. The following steps were used to process digital images (bands 4, 5 and 7): contrast enhancement; RGB-IHS transformation,color composition, segmentation, classification (Bhattacharya). After checking the preliminary mapping in the field, it was edited to correct the mapping, and a thematic map was finally prepared on Scarta software. In the study area were mapped 145.28 km² of mangroves, 7.58 km² of shrimp and 8.93 km² of urban area mainly represented by the city of Valencia. The results demonstrated that theapplication of Geo contributed to the identification of coastal ecosystems withspeed and low cost. Palavras-chave: remote sensing, image processing, landuse, sensoriamento remoto, processamento digital de imagens, uso do solo.
3 2 1

1. Introdução Através dos avanços tecnológicos, a aceleração dos processos de transformação das paisagens naturais em paisagens artificializadas é cada vez maior (Santos,2004). Consequentemente, a necessidade de melhor compreender a dinâmica da natureza tem colocado, nas últimas décadas, o meio ambiente como objeto de estudo em diversas áreas do conhecimento humano. Neste contexto as Geotecnologias assumem grande importância ao passo que permitem monitorar e auxiliar no gerenciamento do meio ambiente. Entre as regiões que necessitam de acompanhamento,planejamento e gerenciamento ambiental, destacam-se as áreas costeiras. Estas áreas, no mundo inteiro, têm sido constantemente pressionadas pelo rápido crescimento da população humana e como uma das consequências do desenvolvimento econômico. Atualmente cerca de 2/3 da população mundial vivem ao longo da costa e, no Brasil, cinco das nove áreas metropolitanas mais populosas situam-se nessas áreas (Suguio,2003). Nesse contexto, as Geotecnologias têm sido utilizadas intensamente na identificação de ecossistemas em diferentes regiões do Brasil, incluindo o mapeamento e monitoramento de áreas costeiras em diferentes escalas (Kampel et al., 2005; Moura et al., 2002; Prost, 2001, entre outros), inclusive com vistas ao seu gerenciamento (Camargo et al., 2003). Entre os ambientes encontrados nas áreascosteiras, ressalta-se o manguezal. O manguezal é um sistema costeiro de transição entre os ambientes terrestre e marinho, característico de regiões tropicais e subtropicais, dominado por espécies vegetais lenhosas e
5002

Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil, 30 de abril a 05 de maio de 2011, INPE p.5003

animais típicos; está adaptado a um substratoperiodicamente inundado pelas marés, com baixo teor de oxigênio, suportando variações de salinidade. Sua ocorrência é comum em estuários. Sua importância ecológica está relacionada ao fato de serem locais favoráveis à proteção, alimentação, reprodução e desova de muitos animais marinhos; sua relevância socioeconômica diz respeito à produção de nutrientes para alimentação de organismos viventes...
tracking img