Mana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5058 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A CIÊNCIA, O PODER E OS RISCOS
"O Homem já pisou a Lua?"
 
 
Introdução
 
O crescente poder que a tecnologia moderna adquiriu e a dificuldade de garantir o seu controlo fizeram com que muitos considerem que a nova cultura técnica tende a ser desumanizada, na medida em que, restringirá a liberdade dos indivíduos e tornará inviável qualquer tipo de controlo por parte dos seres Humanos e dosmecanismos de funcionamento da sociedade. Contudo, tende a esquecer-se que as suas vantagens são imensas e que assim amplia a liberdade de ação dos seres Humanos.
O poder que a Ciência e a técnica puseram nas nossas mãos, permite-nos realizar muitos dos nossos sonhos.
Actualmente podemos projectar e construir o nosso futuro, devemos prever, planificar e executar os ideais a alcançar. Estaactividade é uma ação própria de todo o ser racional, responsável e livre, e implica não nos deixarmos esmagar pelos acontecimentos.
A grande esperança do Homem dos nosso dias esta na Ciência e tecnologia. Contudo, hoje, esta esperança já não pode ser tão ingénua como foi na idade moderna, que permitiu aos Homens serem donos e senhores do seu próprio destino.  
Hoje, passado esse tempo, podemoscomprovar que o aumento do conhecimento e do pode que a Ciência e os seus produtos técnicos, trouxeram consigo bem-estar, mas também vieram acompanhados de violência, destruição e morte.
As duas grandes Guerras que tiveram lugar no nosso século puseram a descoberta que o desenvolvimento científico-tecnológico não iria necessariamente trazer bem-estar e felicidade.
À medida que se alargam as fronteirasdo conhecimento (por exemplo, a ida do Homem), geram-se novas expectativas e a convicção de que, tecnicamente, tudo será possível. De facto é já tecnicamente possíveis intervenções tecnológicas nos processos da Natureza. Estas possibilidades pouco impensáveis intranquilizam não só os cientistas como também qualquer cidadão e levam-nos a recear as suas consequências.
Para começar e terminar estetrabalho, a nossa atenção vira-se para a seguinte questão “Será que o Homem já foi à Lua?”.
Este trabalho tem como objectivo responder a questão anteriormente colocada e talvez mudar a opinião da maioria das pessoas.
 
 
Corrida espacial
 
A disputa entre Estados Unidos e União Soviética (URSS) pela conquista do espaço foi o grande impulso para a exploração espacial. Resultou em grandesavanços científicos e tecnológicos, além de descobertas importantes.
Em 1957, a URSS partiu em vantagem, lançando o Sputnik 1, o primeiro satélite artificial a entrar em órbita. Uma semana depois, foi lançado o Sputnik 2, com a cadela Laika, o primeiro ser vivo a ir para o espaço.
Em 1958, os EUA reagiram com a criação da NASA (National Aeronautics & Space Administration), responsável peloprograma espacial do país.
Nesse mesmo ano foi lançado o primeiro satélite artificial americano, o Explorer 1.
A partir de 1960, o principal objectivo das viagens espaciais passou a ser a ida do homem ao espaço.
Novamente a União Soviética sai em vantagem, em 1961, com a viagem tripulada por Iuri Gagarin na cápsula espacial Vostok 1.
A viagem durou uma hora e 48 minutos e percorreu cerca de 40 milquilómetros em volta da Terra numa única órbita.
Em 1962, os americanos enviaram John Glenn para o espaço.
O projecto soviético para enviar o homem à Lua começou com a nave Soyuz 1, mas foram os americanos os primeiros a chegarem na superfície lunar em 20 de Julho de 1969, quando o módulo lunar Eagle, da nave Apollo 11, pousou no solo, e o primeiro homem a pisar a Lua, Neil Armstrong deu fim àcorrida espacial.
A famosa frase do astronauta tornou-se célebre na História do século XX: "Um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a Humanidade".
As viagens à Lua começaram bem antes das viagens a Marte e foram símbolo do domínio mundial americano, já que o contexto era o da Guerra Fria, na qual EUA e União Soviética disputavam o poder político e económico.
A principal missão...
tracking img