Maketshare

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1699 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Bradesco espera queda gradual da inadimplência nos próximos trimestreFacebookTwitterLinkedInGoogle Plus
Bradesco espera queda gradual da inadimplência nos próximos trimestres
SÃO PAULO – O Bradesco espera uma queda gradual das taxas de inadimplência nos próximos trimestres, depois de ter fechado o último trimestre de 2012 com o nível de calotes estável em 4,1%. Pela análise do banco, os calotesainda não caíram tanto quanto se imaginava por conta do processo de bancarização que se deu via crédito.
Apesar disso, “a inadimplência está controlada e há espaço para crescimento do crédito”, afirmou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, em teleconferência sobre o lucro do ano passado, realizada nesta segunda-feira.
Em 2012, o market share de crédito do banco caiu a 11,2%, ante12% no fim do ano anterior. A expectativa é que a participação se estabilize neste ano, já que a estimativa de crescimento da carteira de crédito do banco, de 15%, é a mesma esperada para o sistema financeiro.
Segundo o executivo, o banco conta com várias indicações de que será possível aumentar a carteira de crédito em 15% neste ano, no centro da faixa de projeções divulgada nestasegunda-feira. Junto com o balanço, o Bradesco divulgou que espera um crescimento entre 13% e 17% da carteira de crédito expandida neste ano.
Em 2012, a carteira (incluindo avais e fianças) aumentou 11,5% - abaixo do previsto pelo banco.
Para Trabuco, 2013 é um ano de recuperação, com boas perspectivas para os empréstimos. “Não faltará crédito para atender demanda de consumo e investimento”, disse.
Opresidente do Bradesco também declarou que, ao comparar a expansão dos financiamentos entre bancos públicos e privados, é preciso levar em conta que a estratégia, a estrutura de funding e as missões são diferentes.
Segundo ele, o avanço de outros entes é legítimo, com papel anticíclico e blindagem da economia. “Mas banco privado tem limitações”, disse.
Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), asações do Bradesco operavam em queda de 2,33%, cotadas a R$ 36,87, por volta de 13h55. Os papéis de Itaú (-2,49%, a R$ 34,85) e Banco do Brasil (-3,23%, para R$ 24,58) também caíam mais de 2%. Ao mesmo tempo, o Ibovespa tinha desvalorização de 1,45%, aos 60.279 pontos.
No início do dia, o banco divulgou que teve um lucro líquido ajustado de R$ 2,918 bilhões no quarto trimestre do ano passado, com altade 5,3% na comparação com igual período de 2011.
O número ficou um pouco abaixo da projeção feita por analistas de mercado, que esperavam lucro líquido de R$ 3,016 bilhões, segundo estimativas de 19 corretoras compiladas pelo Valor.
(Carolina Mandl | Valor)

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso emhttp://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

Leia mais em:
http://www.valor.com.br/financas/2986202/bradesco-espera-queda-gradual-da-inadimplencia-nos-proximos-trimestres#ixzz2NX5omtXK
-------------------------------------------------

Os volumes de operações de Câmbio transacionadas pelo Bradesconestes últimos anos deram à nossa instituição a liderança absoluta entre os Bancos privados, como o maior agente financiador das exportações brasileiras, demonstrando claramente o compromisso da Organização Bradesco com as iniciativas de interesse do País e contribuindo desta forma para o incremento da corrente de comércio Exterior do Brasil.

Nesta linha, apesar das adversidades observadas aolongo deste primeiro trimestre, com destaque para a continuada deterioração da Zona do Euro, a lenta recuperação da economia americana e a perspectiva de menor crescimento da economia chinesa, reconhecidamente regiões de suma importância para o comércio exterior brasileiro, o desempenho apresentado pelo Departamento Internacional e Câmbio apresentou evolução, ainda que ligeiramente menores às...
tracking img