Madame bovary

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3198 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MADAME BOVARY DE GUSTAVE FLAUBERT1
Fulvia M. L. MORETTO2
RESUMO: Publicado como apresentação à tradução de Madame Bovary, em 2001, pela Nova Alexandria – notas e tradução, também, da articulista –, este artigo recupera o percurso empreendido por Gustave Flaubert até a publicação da obra, em 1857. Ao mesmo tempo, são apresentadas as nuanças do texto flaubertiano que permitem caracterizá-lo como oprimeiro romance moderno: de fato, é uma obra de ruptura e, a partir de então, o romance não é mais apenas uma história, mas antes de tudo um estilo. PALAVRAS CHAVE: Madame Bovary. Gustave Flaubert. Romance. Realismo. Literatura Francesa.

Nascido em 1821, Gustave Flaubert, que pertence à geração educada dentro da estética romântica, será contudo, como Baudelaire, nascido no mesmo ano, um dospais da renovação literária que se realizou nos últimos 130 anos, dando com Madame Bovary (1857) o primeiro romance moderno, um misto de realismo, de arte pela arte e de romantismo sufocado pela vontade do autor. E ele soube servir-se desse conjunto para combater exatamente os excessos do idealismo romântico da primeira metade do século XIX. Pois Flaubert é, de fato, na expressão de Jean Rousset(apud GOTHOT-MERSCH, 1990, p.XXXII), “[...] o primeiro em data dos não-figurativos do romance moderno”. Após algumas tentativas de menor importância, após algumas produções autobiográficas como Novembre (1842) e a primeira Education sentimentale (1845), Flaubert termina sua primeira Tentation de Saint-Antoine (1849) que ele mesmo lerá diante de seus maiores amigos, Maxime du Camp e Louis Bouilhet. Aleitura é longa: quatro dias ao ritmo de oito horas por dia. O veredicto dos amigos
1

Publicado como apresentação à tradução de Madame Bovary. FLAUBERT, Gustave. Madame Bovary. São Paulo: Nova Alexandria, 2001. UNESP - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras - Departamento de Letras Modernas. Araraquara – SP - Brasil. 14800-901. fulviam@terra.com.br

2

LettresFrançaises 69

Fulvia M. L. Moretto

é duro: a Tentation, com todo o seu atravanco romântico, deveria ser lançada ao fogo e Flaubert deveria dedicar-se a um tema terra-a-terra, sem mistérios, sem vôos líricos. Após essa primeira decepção, o autor parte para o oriente acompanhado por Maxime du Camp passando por Malta, Egito, Palestina, Líbano, Constantinopla, Grécia, Itália. Evidentemente, se o mundoexótico oriental lhe será útil mais tarde para a criação de Salammbô, durante toda a viagem, enquanto lê a Odisséia em grego, traz dentro de si sua heroína, que se chamará Emma Bovary. Tendo partido de um fato real, o suicídio, na Normandie, da esposa de um oficial de saúde, Flaubert encontra nele o tema terra-a-terra que irá trabalhar e erguer ao nível do grande romance que conhecemos. Iniciadoem setembro de 1851, Madame Bovary foi publicado em capítulos na Revue de Paris a partir de 1º de outubro de 1856. Um processo contra o autor, o editor e o impressor, por ofensa à moral pública e à religião, terminou na absolvição de todos e o livro foi publicado em abril de 1857 pela editora Michel Lévy. E a história banal da imaginativa Emma Bovary, que recebeu uma educação por demais romântica,que se casa sem amor, que se perde em idealismos, amantes e dívidas, teve a princípio um sucesso de escândalo devido justamente ao processo, mas impôs-se logo entre as mais importantes obras de todos os tempos. Baudelaire é um dos primeiros a perceber a modernidade de Flaubert expressa na valorização do estilo diante da simplicidade do tema, é o primeiro a perceber que o livro encerra sentimentosardentes numa aventura banal. Aliás, no plano da recepção, há como um crescendo no interesse por Flaubert, sobretudo nos últimos trinta anos. Os contemporâneos e mesmo os críticos do início do século XX apreciaram um estilo preciso, a profundidade da análise psicológica e do estudo detalhado dos costumes de província. Além de Baudelaire, receberam favoravelmente a obra Banville, George Sand, o...
tracking img