Macro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2758 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anotações do Aluno

uvb

Aula 15 - Crescimento e
Desenvolvimento Econômico
O desenvolvimento econômico pode ser considerado como o tema mais
nobre das Ciências Econômicas. A obra considerada inaugural da Economia
como ciência tinha como foco esse tema: “Investigação sobre a Natureza e
as Causas da Riqueza das Nações”, de Adam Smith

crescente nesses países defendiam essa alternativa.Não é de estranhar que,
nos centros desenvolvidos do capitalismo, tenha se reforçado o estudo e a
pesquisa sobre o desenvolvimento em moldes capitalistas, para fornecer
propostas e estratégias nessa direção.

Faculdade On-Line UVB

Macroeconomia

No final da Segunda Guerra Mundial, o socialismo de tipo soviético tinha
se estendido a um terço do globo e inúmeras regiões do mundo tinhamconseguido a independência ou lutavam por ela, libertando-se das
potências européias. A Europa Ocidental e o Japão, devastados pela guerra,
começavam a reconstruir suas economias, com forte ajuda financeira dos
EUA. Na América Latina, as economias mais expressivas estavam iniciando
sua industrialização desde os anos 1930. Todos – as ex-colônias da África e
Ásia, os países latino-americanos –buscavam se desenvolver, rompendo
com o atraso e a miséria. O socialismo era visto como uma possibilidade e
correntes de opinião com influência

Aula 15 - Crescimento e Desenvolvimento Econômico

Na segunda metade do século XX, houve uma retomada das preocupações
com o desenvolvimento. Lembre-se de que a Revolução Keynesiana
estava mais focada nos problemas de crescimento de curto prazo daseconomias capitalistas avançadas. Os temas estão ligados, mas Keynes
propositalmente descartou a preocupação com o longo prazo – típica
dos neoclássicos (sua frase famosa e irônica a respeito era: “A longo prazo
estaremos todos mortos”).

210

Anotações do Aluno

uvb

Nesta aula, discutiremos os conceitos de crescimento e desenvolvimento
econômico, identificando os fatores que levam àsua ausência e os
caminhos para atingi-los.

Crescimento econômico

Uma medida mais correta é o PIB real per capita. Ao dividirmos o PIB pela
população em vários anos seguidos, observamos se houve crescimento
médio da produção de bens e serviços em intensidade superior ao
crescimento da população. Esse é o indicativo mais utilizado para se
afirmar que está ocorrendo (ou já ocorreu)crescimento econômico.
O significado desse indicativo é que aumentou o volume de bens e
serviços à disposição da população. Em média, cada cidadão pode usufruir
Faculdade On-Line UVB

Macroeconomia

O crescimento econômico é medido por indicadores quantitativos. O
principal dentre eles é o PIB (ou PNB) real, isto é, deflacionado.

Aula 15 - Crescimento e Desenvolvimento Econômico

Nointerior desse debate, surgiu a necessidade de diferenciar crescimento
e desenvolvimento econômico. Embora estejam ligados, são processos
diferentes. A diferenciação foi mais aprofundada na teoria durante os anos
1960. Diversos países passaram por processos acelerados de crescimento
econômico, mas os resultados foram díspares. Os chamados “milagres”
alemão e japonês levaram não apenas aofortalecimento dessas economias
(a terceira e a segunda, respectivamente, no atual quadro mundial), mas
também a melhorias significativas na qualidade de vida de camadas
expressivas de suas populações. Outros países também cresceram muito,
mas mantiveram grandes desigualdades na renda pessoal e entre suas
regiões internas. Um exemplo é a Índia, da qual se falou durante os anos
1960 e 1970 na“revolução verde”, com aplicação de novas tecnologias
agrícolas, que superaria o atraso e a miséria. O resultado decepcionou. O
Brasil foi outro caso típico. Tivemos altas taxas de crescimento econômico 1
sem solucionar os graves problemas de pobreza e miséria, má distribuição
de renda, analfabetismo, doenças crônicas e desigualdades regionais
(Sudeste e Sul “versus” Norte-Nordeste).

211...
tracking img