Luteranismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2449 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
E.E.E.M. CAIC MADEZATTI
Pesquisa Escolar






A IGREJA LUTERANA







Amanda Krohn

São Leopoldo, agosto
2012
1. Introdução:
O Luteranismo é uma das religiões que fazem parte do Cristianismo, ele foi criado por Martinho Lutero na Alemanha, a partir de 1517. Ele era um pioneiro da Reforma da Igreja Católica. A sua orientação teológica éa base da doutrina de todas as Igrejas Luteranas no mundo inteiro. Sua religião acredita que Deus castiga os pecadores, condenando os “sujos” ao inferno, e os “limpos” ao céu.
2. O Luteranismo:
Martin Lutero foi um católico romano fervoroso que decidiu entrar para o claustro num mosteiro Agostiniano, e foi ordenado padre em 1507. Alguns historiadores dizem que isso aconteceu por causa deum acontecimento um tanto sobrenatural, onde ele sobreviveu a uma tempestade na estrada após ter dito as palavras: “Ajuda-me, Santa Ana! Eu serei um Monge”.
No mosteiro, ele vivia com Angústia e desespero por dúvidas que ele tinha sobre os méritos espirituais que ele recebera. Quanto mais ele refletia, mais confuso ficava, a sua falta de atenção aumentava, e surgiam ainda mais dúvidas eincertezas. Ele não possuía paz de alma, e achava que Deus era como um severo juiz que castigava os pecadores.
Lutero virou doutor em Teologia e passou a dar aulas na universidade de Wittemberg, ele foi um dos privilegiados a ter acesso a uma bíblia, e desenvolveu uma nova visão teológica lendo as palavras de Romanos 1.17 “O Justo viverá por fé”. Segundo a interpretação dele, dizia que o perdão e avida eterna não são conquistados por nós mediante boas obras Efésios 2.8 e 9, e sim, os ganhamos de graça, tendo fé em Jesus Cristo.
Na Alemanha, no ano de 1517, Lutero fixou na porta da Catedral de Wittemberg 95 teses que criticavam a atuação do Papa e do alto clero. Elas se propagaram rapidamente, mesmo com a intervenção da Igreja. Lutero foi apoiado por uma boa parte da população e pela nobrezaque queria conquistar terras novas no domínio de Roma (atualmente é a Alemanha), e o protegeram da perseguição do Papa, e o protegeram de ser queimado na fogueira, mas ainda assim, ele foi excomungado. Essas são algumas das teses apresentadas por ele:

Então Lutero passou a participar de vários debates teológicos com autoridades civis e eclesiásticas que tentavam fazê-lo abrir mão de suasidéias e retratar-se de críticas à sua Igreja e ao papa. Em 1520, Lutero foi excomungado pelo Papa e no mesmo ano, queimou a bula de excomungão na praça pública, e desse modo, rompeu com a Igreja Católica. Em 1530, Lutero e seu fiel companheiro Melanchton, escreveram a Confissão de Agsburgo. Esse documento trazia os ensinamentos luteranos.
Uma das principais preocupações de Lutero era que todas aspessoas pudessem ler o livro no qual os ensinamentos da Igreja Católica estariam escritos e assim poderem tirar suas próprias conclusões. Por isto Lutero traduziu a Bíblia para o alemão para que todos pudessem lê-la em sua própria língua. Alguns anos mais tarde, a bíblia foi traduzida para o inglês, francês e espanhol as pessoas passaram a ler a Bíblia e terem suas próprias conclusões. Aos poucos aIgreja Católica foi perdendo poder e influência. Depois de Lutero, a Igreja Católica nunca mais conseguiu exercer o forte domínio sobre a Europa como tinha antes da Reforma Protestante.
3. As Confissões Luteranas
As Confissões Luteranas podem também ser consideradas como estandarte, em torno do qual os luteranos cerram fileiras em defesa de suas visões doutrinárias da Escriturasagrada contra o erro, ou podem ser consideradas como uma bandeira, à qual os mestres da igreja prestam juramento de fidelidade. Cada membro da Igreja Luterana deve subscrever não apenas a Bíblia, mas também asconfissões como exposição correta das doutrina bíblicas. Para o leigo isto significa, ao menos, o Catecismo de Lutero; para o pastor e professor significam todas as confissões adotadas pela Igreja...
tracking img