Lucaks

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
CAMPUS GUARULHOS

Resenha: Lukacs – Historia e consciência de classes – cap. 2

SÃO PAULO, 22 DE JUNHO DE 2011.

No texto lido discute-se um ponto crucial na narrativa teórica de Marx e Engels, uma vez que suas idéias colapsam em uma divergência latente e até então sem resposta, sobre a divisao de classes.
Caso ela ocorra por meio das funções exercidaspor cada um no processo de produção, como se daria a conjunção da consciência de classe?
E como podemos entender a luta de classes nesse sentido? Isso inclui também um questionamento do ponto de vista do operariado e também sobre a generalidade da luta de classes. E por ultimo, mas não menos importante,devemos analisar se a consciência de classes forma uma unidade ou se existem variações em sualuta.
Partindo do principio de Engels em que “nada ocorre sem intenção consciente, sem fim desejado”, podemos ter em mente que muitas vezes as vontades individuais quando juntas em grande quantidade e operando conjuntamente produzem um resultado inesperado e na maioria das vezes, segundo a teoria de Engels, diferente do que foi pensado inicialmente.
Grande parte do Marxismo é baseada emreconhecer essas forças criadas a partir das vontades independentes onde são relacionadas às consciências criadas pelos mesmos, ou seja, Marx buscava entendimento sobre os movimentos criados por certo tipo de sociedade independente dos motivos históricos ou em qual posição do processo produtivo tal indivíduos estavam.
Marx criou uma filosofia critica que de muitos modos se tornou uma crítica histórica,pois em sua teoria da teoria defende que essas consciências são formadas independentemente dos acontecimentos, ou seja, elas acontecem sempre mas sem um padrão, ou total relação com os acontecimentos, e apenas há a mudança dos agentes ativos em cada época.

Se, baseado no pensamento burguês que defende a imutabilidade das coisas e seus relacionados assim dominando todo o processo histórico pelaraiz, ou podemos dizer pelo pensamento, verificamos a formação e movimentação de uma consciência tanto individual ,como coletiva.
Partindo desses princípios indicados anteriormente entendemos que se pode relacionar a consciência com a totalidade da sociedade, uma vez que os pensamentos e os sentimentos que os homens tem ou teriam, em um determinado momento histórico, e em situações específicas,eles podem ser capazes de reconhecer o movimento vivido mesmo sendo participantes desse processo.

E importante relembrarmos que partir do pré capitalismo já temos numerosas camadas sociais, mas que de acordo com as origens econômicas encontradas , ainda não possuem uma consciência de classes, tão bem formada e definida para que de algum modo influencie nos acontecimentos históricos.
Associedades pré capitalistas tinham um interesse de classes muito bem definido ao aspecto econômico, pois tinham as já conhecidas divisões em castas e estamentos em funcionamento pleno. Era uma sociedade muito bem definida diferentemente das classes como conhecemos hoje, porem era muito menos dinâmica e de difícil mobilidade .Sua divisao bem definida porem , não implica no desenvolvimento da consciênciade classe, definida por Marx.
Para que o pensamento burguês perdure é necessário que exista a manutenção da organização em estamentos ou castas. Nessas sociedades pré capitalistas a autonomia existente das partes é muito maior e mais complexa e as interdependências econômicas mais limitadas, pois o leque de relações é muito menor que o existente no capitalismo .
Existiam vários tipos de relaçõesentre as classes e essas relações poderiam ser pacificas ou não-pacificas, como no caso da colonização.Outro modo de entendermos as lutas de classes nas sociedades pré capitalistas é a relação entre “credores e devedores”. O principal aspecto a ser olhado dentro desses dois exemplos deve ser não o do contexto monetário tao somente, mas sim compreendermos que existe um abismo entre membros de uma...
tracking img