Livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4484 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Disbiose e Detoxificação

Nutrª Simone P. Fernandes Especialista em Psicologia e Reeducação do Comportamento Alimentar Mestranda em Genética e Biologia Molecular - UFRGS simone.p.fernandes@gmail.com

Saúde e Nutrição
• A alimentação pode ser considerada como um dos fatores comportamentais que mais influência a qualidade de vida das pessoas.

García-Brenes, 2010

Que história é essa?Kapeller J et al , 2011

Funções neurológicas
• - Regula os movimentos peristálticos. • - Controla o fluxo sanguíneo intestinal, • - Exerce efeito sobre o transporte de água e eletrólitos pela mucosa intestinal, • Quase todas as substâncias que controlam o cérebro foram identificadas no intestino • Neurotransmissores e hormônios

Gershon MD, Second Brain, 1998; Kalafatakis e Triantafyllou, 2011

DECLÍNIO DA FUNÇÃO DIGESTIVA

DESEQUILÍBRIOS IMUNES HORMONAIS INFLAMATÓRIOS

SUPERCRESCIMENTO DE FUNGOS E BACTÉRIAS

DISBIOSE INTESTINAL SISTEMA IMUNE ESTRESSADO

PRODUÇÃO DE TOXINAS FORMAÇÃO DE IMUNOCOMPLEXOS

HIPERPERMEABILIDADE INTESTINAL

Microbiota e o Corpo

Lee e Mazmanian, 2010

• Temos mais bactérias no nosso intestino do que células no nosso corpo. • Cadapessoa que abrigam cerca de 160 espécies de bactérias

Qin et al, 2010,; Stephani et al, 2011

Microbiota Intestinal
Saudável : Barreira contra os invasores, Defesa do hospedeiro Melhora da imunidade intestinal Respostas imunes locais Compete por combustíveis intraluminais

Lee e Mazmanian, 2010

Microbiota intestinal

As bactérias colônicas continuam a digestão de alguns materiaisque resistiram à atividade digestiva prévia. Contribuem para o suprimento de vitamina K, vitamina B12, tiamina e riboflavina .
Resta, 2009 ; Stephani et al, 2011

Desenvolvimento da microbiota intestinal
6 a 12 meses microbiota semelhante a um adulto

O Lactobacillus é o componente principal da microbiota intestinal até a iniciação do consumo de alimentos sólidos pela criança

Olzemir ,2010

• Dentro da avaliação do processo alimentar, a absorção pode ser alterada por sintomas de má absorção, interação entre os nutrientes, alteração da permeabilidade da mucosa e, conseqüentemente, disbiose intestinal.

Stephani et al, 2011

VARIEDADE DA MICROBIOTA NORMAL DE ACORDO COM A ÁREA DO TGI
• A regulação ocorre pelo próprio meio, devido à presença dos diversos grupos que seestabelecem à medida que as condições apresentam-se favoráveis em relação às interações microbianas e substâncias inerentes ao seu metabolismo, aos fatores fisiológicos do hospedeiro e nutrientes provenientes da dieta alimentar.

Roberfroid et al, 2010

Anaeróbicas: Bifidobactéria, Propionibactéria, Bacterióides, Fusobactéria, Leptotrichia, Peptostreptococci, Estreptocci, Veillonella eTreponema

Roberfroid et al, 2010

Helicobacter Pylori, Lactobacillos e Streptococos

Roberfroid et al, 2010

Intestino delgado
predominância de bactérias grampositivas aeróbicas

bactérias gram-negativas aneróbicas

Roberfroid et al, 2010

Intestino Grosso
• microbiota dominante somente bactérias anaeróbias estritas: Bacteróides, Eubacterium, Fusobacterium, Peptostreptococcus,Bifidobacterium; • a microbiota subdominante predominantemente anaeróbia facultativa:Escherichia coli, Enterococcus faecalis e algumas vezes Lactobacillos e a microbiota residual • variedade de microrganismos procarióticos: Enterobacteriaceae, Pseudomonas, Veillonella, • além de eucarióticos: leveduras e protozoários
Roberfroid et al, 2010

Fig. 2 How the microbiome and the human genome contributeto inflammatory disease.

Y K Lee, S K Mazmanian Science 2010;330:1768-1773

Published by AAAS

Estômago: N0 de bact ~ 103/ml

Instestino delgado N0 de bactérias ~ 104 – 106/ ml

Instestino grosso e colon N0 de bactérias ~ 1012/ml

Bifidobacterias
• Fermentam os açúcares (entre eles os carboidratos) formando ácido lático e acético. • Produzem as vitaminas B1, B 2, B6, B 12, ácido...
tracking img