libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3872 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Linguagem de Sinais Francesa é a origem para muitos dos sinais usados na ASL. No começo do século XIX, um professor de surdos chamado Thomas Hopkins Gallaudet foi da América para a Europa a fim de aprender técnicas de ensino. Na Inglaterra, ele conheceu Roch-Ambroise Cucurron e Abbe Sicard, o diretor de uma escola para surdos em Paris. Gallaudet aprendeu métodos de ensino e muitos sinais parausar na comunicação com os surdos e deficientes auditivos, com Abbe Sicard. Gallaudet convenceu Laurent Clerc, um dos alunos de Sicards, a ajudá-lo a fundar uma escola para surdos na América.

Gallaudet e Clerc fundaram a Escola Americana para Surdos (ASD) em 1817, em Hartford, Connecticut. A escola combinava sinais da LSF com os que já eram usados pela comunidade de surdos da América, para criaruma linguagem padronizada. Nesta época, esta linguagem evoluiu para a ASL, considerada atualmente a linguagem de sinais mais genérica do mundo. Atualmente, o campus da ASD inclui ensino infantil, fundamental e médio.
O filho de Thomas Gallaudets, Edward, fundou a Universidade de Gallaudet em Washington, D.C. A Gallaudet foi a primeira faculdade para surdos e deficientes auditivos. A universidadeoferece programas de graduação em muitas profissões para mais de 1.500 alunos e, embora a maioria deles seja de surdos ou de deficientes auditivos, mais de 5% dos matriculados é composto por alunos que escutam. A ASL é a linguagem oficial do campus, embora haja controvérsia entre a comunidade dos surdos sobre o nível de habilidade e capacidade da ASL no que diz respeito à equipe da universidade,bem como no que se refere à perspectiva da instituição na importância da ASL em geral.
Alunos de ASL não precisam aprender leitura em voz alta nem habilidades de escuta para serem fluentes. A ASL tem a sua própria gramática e fonologia. Nas línguas faladas, a fonologia é o estudo dos sons. Na linguagem dos sinais, é o estudo dos sinais e movimentos manuais básicos, que fornecem a base para todosos sinais, sintaxe e morfologia na língua falada e escrita, a morfologia estuda como as palavras são formadas a partir de sons e palavras básicas. Na linguagem dos sinais, é o estudo de como os sinais manuais básicos representam conceitos. A ASL pode ser interpretada em qualquer outra língua. Normalmente, ela não é escrita, embora haja um sistema chamado escrita de sinais projetado para permitirque os usuários da ASL comuniquem sinais e expressões faciais de forma escrita, sem traduzir seus pensamentos para outra língua. Aprender a ler em inglês pode ser difícil para alguns surdos, porque a ASL e o inglês não estão estruturados da mesma forma. O Inglês possui regras complicadas que não se aplicam à ASL e, dessa forma, não ser capaz de escutar a língua também pode ser o maior desafio aoaprender a ler.
A ASL é uma das linguagens que mais tem sido estudada nos Estados Unidos. Muitos sites dizem que a ASL é a quarta "língua" mais usada nos Estados Unidos, embora esta afirmação ainda não tenha sido confirmada. Estimativas sobre o número de surdos nos Estados Unidos variam entre 500 mil até mais de 2 milhões, mas nem todos os surdos usam a ASL e nem todos os usuários da ASL são surdos.HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO DE SURDOS NO BRASIL

1855 – Primeira iniciativa de educação de surdos quando o professor francês surdo Ernest Huet, a convite de D. Pedro II, veio ao Brasil e preparou um programa que consistia em usar o alfabeto manual e a Língua de Sinais da França. Apresentou documentos importantes para educar os surdos, mas ainda não havia escola especial. Solicitou então aoimperador D. Pedro II um prédio para fundar uma escola.

1857 – No dia 26 de setembro, através da Lei 839, assinada por D. Pedro II, fundou-se o então Instituto Nacional de Educação dos Surdos-Mudos, atualmente Instituto Nacional de Educação dos Surdos (INES) no Rio de Janeiro. Huet foi Diretor do Instituto de Surdos de Paris e do INESM.

1862 – Huet deixa o Rio de Janeiro e retorna à França sem...
tracking img