Lendas urbanas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (523 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
APS Lendas Urbanas TEXTO 1: Leia a seguinte lenda urbana retirada do http://www.mrmalas.com/lendas/lenda.asp?id=9402. site “Lendas Urbanas”:

Nele achara muitas mais lendas!!!! Escolha outras ecompartilhe com os colegas!!!

“1 Acampamento Assombrado! História Verídica! Leia!”. : Sou um menino que freqüenta um grupo de Jovens de uma igreja de Petrópolis-RJ, Certo dia fomos a três sítios,Nosso grupo foi divido em 3 e cada um foi para um sitio, meu grupo ficou em um sitio onde teríamos que dormir no mato sem adultos por perto.Um menino que morava lá começou a contar uma lenda que há trêsanos atrás um grupo de assaltantes havia invadido o sitio e feito uma chacina matando cerca de oito pessoas (Tinha umas 30 lá) e esses espíritos ficavam rondando o sitio, Não demos bola para issofizemos uma fogueira e continuamos conversando quando era cerca de 12:30 da noite ouvimos um mugido para dentro da mata não demos bola, de repente ouvimos um choro de um cachorro por uns 15 segundos. Todosnós acendemos a lanterna e fomos ver o que era, encontramos um cachorro destroçado com parte da cabeça arrancada. Achamos muito estranho e ficamos nos perguntando que bicho tinha feito isso comaquele cachorro (era filhote) começamos a ficar com medo, estávamos voltando para as barracas quando de repente ouvimos outro som de cachorro chorando bem perto de onde estávamos, dessa vez o cachorroestava apenas sem um dos olhos, mas ainda estava vivo. Saímos correndo e voltamos para as barracas. Éramos 8 garotos tinham 2 barracas sendo 4 garotos em cada barraca. Não conseguíamos dormir econtinuamos conversando em frente à fogueira. De repente vimos um vulto negro entre as arvores atrás de nós não perdemos tempo e corremos o mais rápido que podíamos para dentro da mata deixando tudo para trás,Foi ai que encontramos uma Coisa parecida com um homem de olhos vermelhos andando de quatro dentro da mata, Parecia que estava com sangue na boca. Estávamos sem saber para onde correr. Corremos...
tracking img