Lendas acreanas e ciclo da borracha no acre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1014 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Lendas Acreanas

As principais lendas do folclore acreano são: mapinguari, a cobra grande, o caipora, o boto e a rasga mortalha.
Mapinguari
O mapinguari é uma espécie de monstro peludo, com pele semelhante ao couro de jacaré, com um só olho na testa, pés e mãos semelhantes a um pilão, exala um odor malcheiroso, ataca para matar e só morre com um tiro no olho.
O Mapinguari, também éconhecido pelos nomes de pé de garrafa, mão de pilão e juma. A lenda sobre a “besta malcheirosa” é uma das mais difundidas pelos indígenas.

Cobra Grande
A cobra grande é um imenso réptil que habita os rios acreanos que nasceu do cruzamento de uma mulher com uma assombração que se transforma em uma linda mulher nas festas de São João para seduzir os rapazes desavisados.

Caipora
O caipora é umaentidade protetora da floresta acreana, um homem coberto de pelos que anda montado num porco do mato, está sempre à procura de tabaco para mascar. Costuma atacar os cachorros dos caçadores, que não lhe oferecem tabaco.

Boto
A lenda do boto é comum a toda região amazônica. No Acre costuma ter duas variações: a tradicional, sobre o moço bonito, trajado de branco e com um chapéu de palha na cabeçaque sai dos rios e vem ao encontro das moças dirigindo palavras amorosas, prometendo venturas, e, até, casamento. Seduzidas, adormecem, e assim, tontas, sem saber como foi, em cima dos feijoais das praias despertam com o corpo dorido. A outra variação diz que os botos são pessoas encantadas, isto é, espírito de pessoas que foram habitar nesses animais. Costuma-se nunca deixar as crianças pagãs(sem batismo cristão) ir à beira do rio sozinhas, pois encantam-se em botos

Rasga Mortalha

Entre as aves do Acre a mais temida e respeitada, não obstante o seu pequeno tamanho, é a Rasga-Mortalha. Os acreanos consideram-na ave sobrenatural por trazer consigo estranhos avisos do Céu. O seu canto imita o rasgar de grosso pano. E dizem ser mais agouro, quando passa e canta por cima de uma casa.É que ela está preparando a mortalha para alguém prestes a morrer.

O Ciclo da Borracha

Durante o processo de ocupação do território acreano os nordestinos constituíram o principal ciclo migratório para a o Acre.
Vários foram os motivos que fizeram com que os nordestinos viessem para o Acre. Entre eles destacam-se:
1° O interesse dos industriais estrangeiros pela borracha do Acre,financiando a migração de grande número de trabalhadores para servirem de mão-de-obra no corte da seringa.
2° Os trabalhadores nordestinos não foram empregados nas grandes fazendas de café, existentes em São Paulo e Rio de Janeiro, indo para o Acre produzir borracha.
3° Ilusão de enriquecimento fácil na região acreana, por parte dos trabalhadores nordestinos, na produção da borracha, devido à grandepropaganda que os comerciantes da borracha faziam.
4° a seca nordestina de 1887 deixou os trabalhadores que moravam no nordeste em total miséria, onde a morte, por causa da fome, era bastante acentuada. Os trabalhadores nordestinos foram obrigados a aceitar as propostas de se deslocarem ao Acre para produzir borracha.
Durante o primeiro surto da borracha, a migração nordestina para o Acre foicontrolada pelos comerciantes da borracha.
A partir do início do século XX, com a implantação dos seringais ingleses na Malásia que eram modernos e produziam muito mais em menos tempo, o mercado da borracha acreano entrou em crise.
Contudo, entre os anos de 1942 e 1945, período em que ocorreu a chamada “Batalha da Borracha”, durante a Segunda Guerra Mundial, milhares de nordestinos dirigiram-separa o Acre, conhecidos como “Soldados da Borracha”, para trabalharem nos seringais.
O acontecimento da Segunda Guerra Mundial, ocorrida entre 1938 e 194, tendo como países envolvidos, de um lado Estados Unidos, Inglaterra e França, que lutavam juntos contra a Alemanha, a Itália e o Japão, fez com que o acre voltasse a ser novamente um grande exportador de borracha, desta vez para atender aos...
tracking img