Leishmaniose visceral em area indigena atikum

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CRISTIANA AUSENITA NASCIMENTO
MARIA SOLANGE PEREIRA DOS SANTOS

LEISHMANIOSE VISCERAL EM ÁREA INDÍGENA ATIKUM

Projeto de pesquisa, apresentado ao curso de Bacharelado em Enfermagem da Faculdade de Integração do Sertão – FIS, como parte dos requisitos para a conclusão da disciplina de TCC I.

Orientador (a): Prof. Esp. Wilza Maria PintoCo-Orientador: Esp. Maria da Penha de Santana Freire

SERRA TALHADA – PE
2011
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

AIDS Síndrome da Imunodeficiência Adquirida
CONEP Conselho Nacional de Ética em Pesquisa
FIS Faculdade de Integração do Sertão
LV Leishmaniose Visceral
MS Ministério da Saúde
OMS Organização Mundial de Saúde
SINAN Sistema de Informação de Agravos e NotificaçõesUBV Ultra-Baixo Volume
SUMÁRIO

|1 INTRODUÇÃO |4 |
|2 OBJETIVOS |6 |
|2.1 OBJETIVO GERAL|6 |
|2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS |6 |
|3 JUSTIFICATIVA |7 |
|4 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA|8 |
|5 METODOLOGIA |18 |
|6 RESULTADOS ESPERADOS |23 |
|7 CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO|24 |
|8 ORÇAMENTO |25 |
|REFERÊNCIAS |26 |
|| |
1 INTRODUÇÃO

Leishmaniose  Visceral (LV), conhecida como calazar, é uma doença grave que acomete pessoas e alguns animais. A doença, considerada mais freqüente na área rural, vem aumentando nos centros urbanos. Sua transmissão ocorre pela picada do mosquito comumente conhecido como mosquito palha, cangalhinha entre outros nomes,  muito pequeno se reproduz no soloúmido contendo folhas, restos de frutas, fezes de animais, etc. A fêmea alimenta-se de sangue dos animais e do homem, por isso transmite a doença, já os machos alimentam-se de vegetais e não são infectados. Os principais sintomas  no homem contaminado são: febre durante muitos dias, perda de apetite, emagrecimento, palidez, tosse seca e fraqueza, com o passar do tempo o doente apresenta aumento dofígado e do baço (barriga inchada). Os principais sintomas no cão infectado são: emagrecimento, queda de pêlo no corpo e em torno dos olhos, crescimento exagerado das unhas, feridas comuns na pele, focinho, orelhas, cauda e patas.
No Brasil, a importância da Leishmaniose Visceral reside não somente na sua alta incidência e ampla distribuição, mas também na possibilidade de assumir formasgraves e letais, quando associada a um quadro de má nutrição e infecções concomitantes. A crescente urbanização da doença ocorrida nos últimos 20 anos coloca em pauta a discussão das estratégias de controle empregadas. As medidas de controle da doença até agora implantadas foram incapazes de eliminar a transmissão e impedir a ocorrência de novas epidemias. A prevenção da doença nos cães através da...
tracking img