Lei e realidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2864 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
lei e realidade
Faculdade Sumaré

Curso Pedagogia 3º  Semestre N2A









Leis e Realidade





Delzuita Urcioli Santos RA: 0921042

Kesia K. Araujo da Silva RA: 0921302

Luana Dias Almeida RA: 0922006







PPI LIBRAS



Professor Mestre Daniel de Santi12 de Novembro

São Paulo

2010

Faculdade Sumaré

Curso Pedagogia 3º  Semestre N2A







Lei e Realidade





























12 de Novembro

São Paulo

2010Agradecemos a disponibilidade que o Antônio Batista, Erica de Jesus e Francisco Gracemildo por compartilhar conosco os seus conhecimentos e ao nosso orientador Daniel que nos proporcionou à oportunidade de conhecermos a realidade dos deficientes auditivos.













































"Asmãos que rompem o silêncio e fazem a comunicação de quem não ouvem, mas vê,sente e se emociona"
Autor desconhecido

Resumo



A deficiência auditiva foi, e é, até hoje um tema muito discutido pela sociedade. Quem sofre essa deficiência, tem sérios problemas com relação a sociedade, que insiste em excluir os mesmos.

Por volta do século XX, os portadoresdessa deficiência eram vistos como pessoas ‘anormais’, e a sociedade por sua vez, decretavam a morte dos mesmos, como uma solução cabível.

Alguns anos depois, a sociedade teve que aceitá-los por causa da ‘inclusão’, de modo que tivessem ao menos respeito.

Várias leis foram criadas com intenção de incluí-los na sociedade, de modo que todos pudessem ser tratados como pessoas normais.

ADeficiência auditiva nos dias de hoje ainda é visto como um problema para muitos na sociedade. Antigamente, os deficientes auditivos eram como aberrações para as pessoas, que por sua vez tratavam-nos como tal.

Leis foram criadas para favorecerem os deficientes auditivos, porém, as mesmas não são exercidas pela sociedade, que os vê como pessoas ‘anormais’.

A inclusão dos deficientes auditivos nasociedade, trouxe muitos assuntos à tona, como por exemplo, a inclusão dos mesmos em salas de aula, métodos acessíveis para que eles possam interagir, entre outros.

As leis que foram decretadas, não estão sendo exercidas por muitas instituições, pensando eles que, um deficiente auditivo não são capazes de exercer funções na empresa, da mesma forma que desvalorizam um profissional habilitado emLIBRAS.

É importante destacar que, a linguagem para esses deficientes, é chamada de ‘LIBRAS’, e em muitos locais está sendo ensino essa linguagem, para que todos possam interagir com eles de forma fácil.

Na sociedade há pessoas que aceitam e ajudam esses deficientes, e isso é muito importante para eles, porque é muito difícil as pessoas aceitá-los. A família deve dar todo o apoio e ajudapossível, para que possam interagir com a sociedade sem medo de serem excluídos ou criticados, tendo assim uma vida normal, onde todos tenham o mesmo direito de liberdade de expressão.










Abstract



The hearing impairment was and is today a subject much discussed by society. Who suffers from this disability, has serious issues about the society that insists on baning them.

Bythe twentieth century, those with kind of disabilities were seen as 'abnormal', and society in turn, decreed the death of them, as a relevant solution.
Some years later, the company had to accept them because of being inclusive, so that would at least have respect.

Several laws were passed with the intention to include them in society so that everyone could be treated as normal people....
tracking img