Karl marx, karel kosik e gramsci

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2437 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O trabalho a seguir consta os principais elementos apresentados nos textos da bibliografia fornecida pela professora Masilene Rocha, da disciplina de Seminário Temático II. Primeiro será feito uma análise da Introdução do Método da Economia Política, de Karl Marx e depois da compreensão deste método será realizada uma análise dos principais aspectos que compõem os textos ‘Dialética do concreto’,de Karel Kosik e depois de um artigo da Ivete Simionatto ‘A influência do pensamento de Gramsci no Serviço Social no Brasil’.
Marx e os economistas clássicos esclarecem como se deve conduzir um pesquisador no desenvolvimento de seus estudos utilizando, respectivamente, o método dialético materialista e o método usual. Através do Método dialético, Marx esclarece os caminhos pelo qual desenvolveuos seus estudos, sobre o Capital, ou seja, o método de sua pesquisa em o Método da Economia Política.
O método usual, no qual se baseiam os economistas políticos, parte de uma concepção panorâmica ou geral do objeto a ser analisado, ou seja, parte do real e concreto, o que parece ser lógico, porém, Marx ao analisar esse ponto de partida o revelou caótico, hhparcial, superficial e não revela suasinternalidades e características mais precisas e detalhistas, desprovido das múltiplas determinações que o compõem.
O método cientificamente exato, defendido por Marx, analisa o concreto a partir de suas abstrações, o que leva segundo ele, as determinações mais simples, contudo, mais precisas; visto que o concreto apresenta-se coisificado, assim a partir dos desmembramentos do objeto(concreto), este se revelaria, então, em uma totalidade rica de determinações, isto é, a “unidade do diverso”, constituindo o concreto pensado. Para isso Marx utiliza o método dialético, iniciando seus estudos e análises do Capital, categoria complexa, pelas categorias simples que o compõem, tais como: Dinheiro, Trabalho, Religião, sociedade civil, dentre outros.
Utilizando o Método apresentadoanteriormente por Marx, Karel Kosik, vai apresentar uma análise do mundo da pseudoconcreticidade e o modo como destrui-lo, dentre outros aspectos explanados a seguir.
De acordo com Karel Kosik o mundo da pseudoconcreticidade é “o complexo de fenômenos que povoam o ambiente cotidiano e a atmosfera comum da vida humana penetram na consciência dos indivíduos agentes, assumindo um aspecto independente enatural” (KOSIK, 1976, p.11).
Pertence ao mundo da Pseudoconcreticidade a criação de um conjunto de representações da realidade que se manifestam, ou seja, “a aparência superficial da realidade é fixada”, e através dessa que os indivíduos devem se familiarizar com as coisas, de modo que estes se movam com naturalidade nas práticas diárias ou cotidianas.
Karel Kosik faz uso de uma categoria econômica,o Dinheiro, para exemplificar a afirmação acima, onde nem todos que o utilizam sabem o que ele é na realidade. Sendo assim o uso da práxis utilitária e do senso comum coloca o homem “em condições de orientar-se no mundo”, onde as coisas apresentam-se de forma imediata, sem análises que permitam o aprofundamento da determinação da estrutura da coisa, da coisa em si ou da essência.
O autor fazreferência ainda à dialética que faz frente ao mundo da práxis fetichizada, visto que essa se apresenta à margem da realidade, porém, na consciência dos indivíduos esta manifesta a “consolidação ou realidade” como efetivamente real. Então, faz-se necessário a desfetichização, a quebra da pseudoconcreticidade, quebra esta que se dar através do uso da dialética que se constitui como “pensamento críticoque se propõe a compreender a “coisa em si” e sistematicamente se pergunta como é possível chegar à compreensão da realidade” (KOSIK, 1976. p.15).
Depreende-se então, que a dialética desenvolverá as complexas relações que integram esta práxis fetichizada. Porém, esta destruição não indica que o mundo da pseudoconcreticidade se torna absoluta ou inexistente, no entanto, apenas se é apresentado...
tracking img