consciencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4944 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DO SENSO COMUM À CONSCIÊNCIA FILOSÓFICA DA PRÁXIS
REVOLUCIONÁRIA: POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES PARA A EDUCAÇÃO
FÍSICA NA ESCOLA

Gabriel Marques - UFRJ
Sandro Justo - UFF

RESUMO
Sob a ótica marxiana, o processo dialético de compreensão crítica da realidade
tem como ponto de partida uma visão fragmentada e caótica das relações sociais. Nossa
consciência é construída a partir de nossasrelações concretas com o real. Porém, o real,
à primeira vista, sempre nos aparece de forma difusa. Esse primeiro contato com a
realidade, ao mesmo tempo em que deve ser superado, também deve ser tomado como o
ponto de partida para sua superação, já que só podemos alcançar um concreto pensado
se partirmos dialeticamente de um concreto caótico. Antonio Gramsci seguiu este
pensamento ao compreender quea base para a construção de uma consciência filosófica
da classe trabalhadora deveria ser a sua filosofia espontânea, suas visões de mundo
ainda confusas e sincréticas, ou seja, seu senso comum. Nessa relação contraditória
entre senso comum e consciência filosófica, Gramsci, em seus Cadernos do Cárcere,
deixa claro que não se trata de uma filosofia qualquer a ser construída, mas sim de umafilosofia da práxis. Ainda, levando-se em conta o papel histórico do proletariado na luta
de classes sob os domínios do capital, deixa claro também que não se trata de uma
práxis qualquer e sim de uma práxis revolucionária.
O presente trabalho apresenta reflexões preliminares acerca das possíveis
contribuições que a Educação Física enquanto componente curricular da Educação
Básica podefornecer para a formação de uma nova consciência, de uma nova
hegemonia, de uma nova filosofia da classe trabalhadora. Partimos da compreensão de
que estão presentes nas práticas pedagógicas opções políticas, com possibilidades de
construção de uma contra-hegemonia e configurando um espaço fundamental e
pertinente da luta de classes. Realizamos discussões teóricas a partir dos conceitos,
formulaçõese concepções marxistas, tomando como ponto de partida a obra Cadernos
do Cárcere, de Antonio Gramsci, e dialogando com autores como Sánchez Vázquez,
Karl Marx e Friedrich Engels. Nosso objetivo é ampliar debates acerca do ensino de

Educação Física pautado pela perspectiva crítico-superadora. Para alcançarmos nosso
objetivo, dividimos o trabalho em três partes: no primeiro momentorevisitamos a
categoria de senso comum analisada por Gramsci, buscando compreender o seu lugar na
construção de uma filosofia da classe trabalhadora. Em seguida, retomamos o
significado político de filosofia da práxis, enfatizando seu caráter revolucionário e
necessário na ordem do dia. Por fim, tomando como base as apreensões desenvolvidas a
priori, discutimos os desafios e as reais possibilidades deintervenção do professor de
Educação Física amparado pelo viés marxista e as maneiras pelas quais o mesmo pode
contribuir para a formação de uma consciência filosófica revolucionária, que tenha
como meta a construção coletiva de uma filosofia hegemônica da classe trabalhadora.
Como resultados parciais, reconhecemos a importância de buscarmos alternativas
político-pedagógicas da EducaçãoFísica na escola a partir da reflexão histórico-crítica
sobre a cultura corporal, contrapondo-se aos modelos hegemônicos que conservam a
ordem vigente. Porém, nesta busca, não podemos deixar de tomar como base o percurso
dialético marxista que tem como ponto de partida o senso comum da classe trabalhadora
e como meta a construção, por parte da mesma, de uma consciência filosófica
revolucionária.SENSO COMUM
Conforme os pensamentos de Paulo Freire, educar é um ato político. Assim,
podemos dizer que toda prática pedagógica, de forma consciente ou não, é realizada
com alguma intencionalidade, ou seja, a partir de alguma tomada de decisão acerca das
questões sociais envolvidas no ato de educar. Este posicionamento ideológico do
educador, fundamental e inevitável, se materializa em...
tracking img