Jornada trabalhada de uma chapeira de lanchonete

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2503 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA
FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
CURSO DE FISIOTERAPIA







PROJETO DA DISCIPLINA DE SAÚDE COLETIVA II.

JORNADA TRABALHADA DE UMA CHAPEIRA DE LANCHONETE.


Geraldo Vieira Matos R.A: 10.0658-4
Rogerio Antunes Azevedo R.A:10.0510-7





PIRACICABA, NOVEMBRO
2012

Geraldo Vieira Matos R.A: 10.0658-4Rogerio Antunes Azevedo R.A:10.0510-7







PROJETO DA DISCIPLINA DE SAÚDE COLETIVA II.


JORNADA TRABALHADA DE UMA CHAPEIRA DE LANCHONETE.




Trabalho apresentado à Graduação em Fisioterapia da Universidade Metodista de Piracicaba para a disciplina de Saúde Coletiva II, Ministrada pela Professora Drª Gislaine Cecília de O. Cerveny.PIRACICABA, NOVEMBRO

2012

Sumário
INTRODUÇÃO 4
METODOLOGIA 6
RESULTADOS 8
Ciclo de trabalho 8
DISCUSSÃO 10
PROPOSTAS DE MEDIDAS PREVENTIVAS 12
CONCLUSÃO 13
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 14



































INTRODUÇÃO


“As Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN) abrangem as empresas fornecedoras de serviços dealimentação coletiva, serviços de alimentação autogestão, restaurantes comerciais e similares, lanchonetes, hotelaria, serviços de Buffet e de alimentos congelados, comissárias e cozinhas dos estabelecimentos assistenciais de saúde, atividades próprias da Alimentação Escolar e da Alimentação do Trabalhador. Frequentemente a produção de refeições no Brasil exige alta produtividade dos operadores emtempo limitado.
Porém, em condições inadequadas de trabalho, com problemas de ambiente, equipamentos e processos.” (Monteiro, 2009).
Para tentar diminuir um pouco os problemas que os pontos comerciais vêm enfrentando, é necessária uma reorganização por parte dos empresários investindo em aprimoramentos, como cursos rápidos entre outros para que seus colaboradores tenham uma qualificação ecom isso conseguindo um melhor desempenho nas atividades exigidas dentro do local de trabalho.
“Segundo a Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria (ABIP). O segmento de panificação, confeitaria e lanchonete, vem modificando suas características em função da mudança de hábitos de seus clientes. Está tendo um volume maior de pessoas fazendo suas refeições fora do lar.Isto ocorre devido ás famílias trabalharem longe de casa e assim aumentando a dificuldade de fazer suas próprias refeições, e também com a melhora da economia houve um aumento no poder aquisitivo do povo brasileiro.” (Antunes, 2011).
Essas condições levam os funcionários a insatisfações, problemas relacionados á saúde, cansaço excessivo, queda nas produções, afeta o psicossocial e ofisiológico colaborando em conjunto para os acidentes de trabalho.
“A nossa alimentação é considerada uma das atividades principais e também rotineira devido ao que o ser humano pode fazer, tanto por razões biológicas quanto pelas questões sociais e culturais que acompanham o ato de comer. Sendo assim, o ato de se alimentar envolve vários aspectos que começam desde a produção dos alimentos até a suatotal transformação em refeições, e vários modelos de disponibilização aos indivíduos.” (Monteiro, 2009).
“Na segunda metade do século XX, a sociedade brasileira passou por um intenso processo de transformação devido ao desenvolvimento industrial. Dentre as mudanças, destacam-se os novos hábitos sociais e a mudança no padrão de consumo alimentar, que tem levado cada vez mais pessoas afazerem refeições fora de casa, movidas principalmente por fatores como a maior participação da mulher no mercado de trabalho e a concentração populacional nos grandes centros, gerando um significativo aumento no número de estabelecimentos de produção e comercialização de alimentos.” (Monteiro, 2009).
“Os estabelecimentos mudaram suas características deixaram de servir
apenas os tradicionais...
tracking img