Italia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1203 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BURCKHARDT, Jacob. Cultura do renascimento na Itália, A – descobrimento do mundo e do homem, O. (pág. 264 – 323).

A história do renascimento na Itália escrito em 1855 por Jacob Burkhardt (que foi professor de história da arte na universidade da Basiléia e na universidade de Zurique) trata de um ensaio histórico referente aos séculos XIV, XV e XVI na Itália, o chamado período Renascentista.Desde muito cedo Burkhardt desenvolveu um grande apreço pela Itália, vindo a escrever sobre sua arte e história.
Editado em 1860, A cultura do renascimento na Itália passou a ser a grande referência ao tratar desse assunto, vindo a ser usado desde então pela grande maioria dos estudantes dessa época. Apesar de se passar mais de um século de sua primeira edição, o livro ainda hoje figura como grandebibliografia sobre o assunto sendo de suma importância para qualquer pesquisa sobre o período por que mesmo com tantos avanços e descobertas ninguém jamais escreveu sobre a renascença como Burkhardt.
O capitulo a ser analisado, chamado de “O descobrimento do mundo e do homem” nos reporta aos grandes feitos dessa época, tanto como nas navegações e descobrimentos de seus corajosos desbravadorespassando pelo conhecimento astronômico e das ciências naturais até as relações interpessoais da vida cotidiana.
Com uma linguagem fluente, Burkhardt divide esse capitulo IV em oito tópicos: As viagens dos italianos; As ciências naturais na Itália; A descoberta da beleza paisagística; A descoberta do homem; A biografia; A caracterização dos povos e cidades; A descrição da exterioridade e A descriçãoda vida cotidiana.
Sendo assim farei um breve resumo a respeito de cada tópico.


As viagens dos Italianos.

Por manterem desde cedo um estreito contato com o oriente através do Mediterrâneo, os Italianos foram precursores dos descobrimentos.
Venezianos e Genoveses com mais destaque lideravam essa corrida de aventura, o Veneziano Marco Pólo foi um dos primeiros viajantes a aventurar-se pelomundo desconhecido, indo até o reino Mongol.
Tempo depois Colombo foi o primeiro a conduzir uma tentativa de encurtar o caminho até as Índias Orientais.
Também tantos eram os Italianos que se lançaram ao Atlântico, vindo tempo depois, Colombo lançar-se a esse oceano desconhecido.
Por tais feitos os Italianos permanecem sendo conhecidos como grandes desbravadores, desde o fim da idade média atéos tempos atuais.

As ciências naturais na Itália.

Os Italianos sempre tomaram a dianteira ao se tratar dos estudos das ciências naturais.
Por um tempo a igreja se pos tolerante a tais estudos, só interferiu mediante as acusações que eram investigadas para assim livrar os acusados da punição.
Em certas ocasiões médicos eram acusados de heresia por pura inveja profissional, assim aconteceucom Pietro d’Albano que foi acusado de feitiçaria junto a inquisição.
Tempo depois a inquisição volta com mais força e imprime terror aos médicos e estudiosos, os acusando de feiticeiros e necromantes.
Tais acusações nunca foram afirmadas com segurança, deixando assim uma brecha a investigações posteriores.
Mesmo assim a Itália ao final do século XV ocupa o primeiro lugar entre as naçõeseuropéias no estudo da matemática e das ciências naturais.
Destacam-se nomes como: Luca Paccioli, Paolo Toscanelli e Leonardo da Vinci.

A descoberta da beleza paisagística.

Além dos estudos, havia outro modo de se aproximar mais da natureza, através da percepção e apreciação da paisagem.
Os Italianos são os primeiros a denotar essa capacidade de perceber o belo na natureza e o transformar empoesia.
Assim se destacam por seus escritos tão cheios de sentimento e significados, algo que realmente tocava a sensibilidade da alma dos homens.
A vida no campo também se fazia presente nessas descrições, a vida simples dos pastores era um refugio para a agitação das cidades.
Assim os Italianos poderiam personificar em poemas a tranqüilidade campesina da qual sentiam tanta falta.
Com isso se...
tracking img