Iphone

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As republicas e as facções
a discussão envolvendo as facções está contida no artigo número 10 de james madison,que é considerado o artigo mais importante detoda a série devido, justamente,à discussão sobre o mal das facções e a forma de enfrentá-lo.As facções são consideradas as principais ameaças às formas de governopopulares,madison inova ao falar que a sorte deles não depende da eliminação das facções e sim de neutralizar seus efeitos.
Montesquieu e Rosseau afirmavam quea sobrevivência das democracias dependia da virtude dos cidadãos que as compunham,sendo virtude definida como " a renúncia a si próprio" em nome do "amor pelasleis e pela pátria".Para Madison isso significava que as democracias só iriam florescer onde as facções fossem eliminadas,contudo,Madison rejeita essasolução,tida como factível em um governo livre.
Se as facções são inevitáveis,busca-se impedir que uma delas assuma o poder buscando a promoção de seus próprios objetivos.O princípio da decisão por maioria,regra fundamental dos governos populares ,passa a representar uma ameaça às facções menores.As majoritárias vivem sobconstante possibilidade de abuso de poder.Feita esta observação chega-se a um problema paradoxal para a teorização da democracia: o maior risco de que ela degenere emtirania radica-se no poder que confere à maioria,uma solução republicana para males republicanos não pode contradizer a regra definitória dessa forma degoverno.O remédio proposto por Madison é uma república representativa,forma de governo que não permite que um grupo eleja o representante de todos os cidadãos.
tracking img