Iowrfqeuior

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1828 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Associação Cristã de Moços









Romantismo








Nome: André Luiz Alegre

Professor: Marcos Nascimento

Turma: 201












Introdução:


Para os românticos, o mundo real é sempre uma frustação de seus idealismos e sonhos. Daí a rebeldia dos poetas do mal-do-século.Esse desejo de fugir da realidade manifesta-se em atitudescomo o desejo de morrer, o culto a solidão, a evasão do espaço e no tempo. O poeta tem maior liberdade formal em buscar musicalidade, as comparações metáforas e adjetivação são constante para dar vazão a fantasia, a natureza passa a integrar-se a história do ser humano. Enfim, o romancista retrata as emoções mais profundas e os sentimentos tão expressos através do poeta(autor) que expõe de tal formaa simbolizar o que sente de maneira bela e melancólica muitas vezes. A subjetividade e a emoção do eu(autor são marcas do romantismo, que foi de suma importância para o crescimento da literatura brasileira.







O Romantismo:

1.1 – Conceito e características

a) Conceito:

O romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas ultimas décadas doséculo XVII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo que marcou o período neoclássico e buscou um nacionalismo que viria a consolidar os Estados Nacionais na Europa.
Inicialmente apenas uma atitude, um estado de espírito, o romantismo toma mais tarde a forma de um movimento e o esírito romântico passa a designartoda uma visão de mundo centrada no individuo. Os autores românticos voltaram-se cada vez mais para si mesmos, retratando o drama humano, amores trágicos, idéias utópicas e desejo escapismo. Se o século XVII, foi marcado pela objetividade, pelo iluminismo e pela razão, o inicio do século XIX seria marcado pelo lirismo, pela subjetividade, pela emoção e pelo eu. O termo romântico refere-se, assim,ao movimento estético ou em um sentido mais lato, á tendência idealista ou poética de alguém que carece de sentido objetivo.

b) Características

As características centrais do romantismo viriam a ser o lirismo, o subjetivismo, o sonho de um lado, o exagero, a busca pelo exótico e pelo inóspito de outro, também destacam-se o nacionalismo, a idealização do mundo e da mulher, assimcomo a fuga da realidade e do escapismo. Eventualmente também serão notados o pessimismo e um certo gosto pela morte, religiosidade e naturalismo.

Subjetivismo: O romancista trata dos assuntos de forma pessoal, de acordo com sua opinião sobre o mundo. O subjetivismo pode ser notado através do uso de verbos na primeira pessoa . Com plena liberdade de criar, o artista romântico não se acanha deexpor suas emoções pessoais, em fazer delas a temática sempre retomada em sua obra. O eu é o foco principal do subjetivismo, o eu é egoísta, forma de expressar seus sentimentos.



Idealização: Empolgado pela imaginação, o autor idealiza temas, exagerando em algumas de suas características, dessa forma, a mulher é uma virgem frágil, o índio é um herói nacional e a pátria sempre perfeita. Essacaracterística é marcada por descrições minuciosas e muitos adjetivos.


Sentimentalismo: Praticamente todos os poemas românticos, apresentam sentimentalismo já que essa escola literária é movida através de emoção, sendo as mais comuns a saudade, a tristeza e a desilusão. Os poemas expressam o sentimento do poeta, suas emoções e são como o relato sobre uma vida. O romantismo analisa e expressa arealidade por meio dos sentimentos. E acredita que só sentimentalmente se consegue traduzir aquilo que ocorre no interior do individuo.


Egocentrismo: Como o nome já diz, é a colocação do ego do centro de tudo. Vários artistas românticos colocam, em seus poemas e textos os seus sentimentos acima de tudo, destacando-os no texto. Pode-se dizer, talvez , que o egocentrismo é um subjetivismo...
tracking img