inventor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 632 (157945 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de julho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL
Luiz Inácio Lula da Silva
Presidente

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE – MMA
Carlos Minc
Ministro

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS – ANA
Diretoria Colegiada
José Machado – (Diretor-Presidente)
Benedito Braga
Bruno Pagnoccheschi
Dalvino Troccoli franca
Paulo Lopes Varella Neto

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA REDE HIDROMETEOROLÓGICA
Valdemar Santos Guimarães Ministério do Meio Ambiente
Agência Nacional de Águas

Inventário

Estações Pluviométricas

2ª EDIÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA REDE HIDROMETEOROLÓGICA

Brasília/DF
Abril 2009

© Agência Nacional de Águas (ANA), 2009
Setor Policial, Área 5, Quadra 3, Blocos B, L, M e T.
CEP 70610-200, Brasília – DF
PABX: 61 2109 5400
http://www.ana.gov.br
EQUIPE EDITORIAL
ColaboradoresAugusto Franco Malo da Silva Bragança, Eurides de Oliveira, Márcia Regina Silva Cerqueira, Raymundo
Nonato Borges, Leny Simone Tavares Mendonça
Preparador de originais
Márcia Regina Silva Cerqueira e Raymundo Nonato Borges
Projeto Gráfico
Simone Freitas Dias
Fotos do Banco de Imagens da ANA
Fabrício Vieira Alves; João Bosco Rondon dos Santos, José Jorge da Silva, Maurício Orlandi Ribeiro,Maurrem
Ramon Vieira, Walszon Terllizzie Araújo Lopes
Todos os direitos reservados.
É permitida a reprodução de dados e informações contidas nesta publicação, desde que citada a fonte.
Catalogação na fonte – CEDOC – Biblioteca
A271ip Agência Nacional de Águas (Brasil)
Inventário das estações pluviométricas. / Agência Nacional de
Águas. – 2 ed. - Brasília: ANA; SGH, 2009.
495 p. : il.ISBN: 0000000-0
1. Hidrometria. 2. Inventário Hidrológico. 3. Pluviometria.
I. Agência Nacional de Águas (Brasil). II. . Superintendência de
Gestão da Rede Hidrometeorológica. III. Título.
CDU 556.08 (81)

PREFÁCIO
A Hidrologia, ciência natural que se ocupa do estudo dos recursos hídricos em todo
o ciclo hidrológico, tem um importante papel para o conhecimento das quantidades,distribuições e características hídricas das diversas regiões, contribuindo para a melhor
gestão dos recursos hídricos disponíveis.
O levantamento das informações necessárias à Hidrologia é realizado através de
redes de estações hidrométricas, cujas séries de dados têm sua importância proporcional à sua extensão temporal. No Brasil, muitas estações individualizadas têm mais de
cem anos de dados, como é ocaso da estação pluviométrica de Morro Velho, com registros desde 1855, e da estação fluviométrica do rio Negro, em Manaus, com registros de
níveis desde 1902. As primeiras atividades de coleta de dados hidrológicos de maneira
organizada, no entanto, remontam ao início do século passado, mais precisamente em
1920, através da Comissão de Estudos de Forças Hidráulicas, com estações voltadas paraos estudos específicos de aproveitamentos hidráulicos, visando à energia hidrelétrica.
O cadastro de estações hidrométricas do País foi iniciado por volta de 1968, capitaneado pelo então Departamento Nacional de Águas e Energia Elétrica – DNAEE com
publicações, mais tarde, dos primeiros Inventários de Estações Fluviométricas e de Estações Pluviométricas.
Os últimos Inventários Pluviométricose Fluviométricos foram publicados em 2001
pela ANEEL, que tinha assumido, temporariamente, as atribuições do DNAEE, quando de
sua extinção.
A Agência Nacional de Águas – ANA, criada em 17 de julho de 2000, e instituída
em 19 de dezembro do mesmo ano, recebeu dentre outras atribuições, a de promover
a coordenação das atividades desenvolvidas no âmbito da Rede Hidrometeorológica Nacional, emarticulação com os órgãos e entidades públicas e privadas que a integram,
ou que dela sejam usuárias, cabendo então, à ANA, manter e disponibilizar o cadastro
atualizado das estações hidrometeorológicas do País.
Assim, esta publicação pretende disponibilizar, para os diversos usuários de dados
hidrometeorológicos, informações atualizadas sobre todas as estações pluviométricas
cadastradas,...
tracking img