Informatica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7823 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
AVALIAÇÃO DE EMPRESA E ANÁLISE DE SEUS DIRECIONADORES DE VALOR: UM ESTUDO DE CASO Autoria: José Odálio dos Santos, Jósé Augusto Rodrigues dos Santos RESUMO Um dos formatos de atuação do setor atacadista e distribuidor é a operação de autoserviço, ou cash&carry, que compreende uma forma de comércio pela qual os produtos são adquiridos e pagos diretamente pelos compradores à vista ou com cartões decrédito. Nesse setor, selecionamos para “Estudo de Caso” o Makro Atacadista S.A., considerando a sua liderança de mercado e os favoráveis indicadores históricos de desempenho, em termos de liquidez, endividamento, lucratividade e rentabilidade. Para verificar se suas estratégias de investimento e financiamento vem se traduzindo em agregação de valor, utilizamos a técnica do Fluxo de CaixaDescontado (DCF) para determinar o Valor de Mercado Agregado (MVA®) da empresa, a partir de seus EVAs® históricos. Em seguida, comparamos o valor obtido com os valores do Lucro Residual, Patrimônio Líquido Contábil e Mercado de Ações (Valor Bursátil), considerando o último valor pago pela oferta de compra de ações promovida pela empresa. Também foram analisadas suas forças e ameaças no setor atacadista,com base na Teoria da Análise Estrutural. Os resultados obtidos comprovam a eficiente gestão financeira da empresa em suas atividades operacionais e não-operacionais, face as favoráveis expectativas de geração futura de fluxos de caixa e maximização da riqueza dos proprietários. Palavras-chave: CAPM, ROIC, DCF, MVA®, Lucro Residual. 1. INTRODUÇÃO

A maximização da riqueza dos investidores é oprincipal objetivo e o fator motivador das decisões tomadas pelos administradores (Weston e Brigham, 2000:16). Isso significa não apenas gerenciar a lucratividade da empresa – receita menos custos e despesas associadas –, mas também o risco do negócio, que engloba o risco de sua existência e o risco das decisões estratégicas que direcionam a organização empresarial no caminho de sua expansão nomercado em que atua. A mitigação do risco, combinada com o aumento da lucratividade decorrente da diminuição de custos e despesas, move a empresa para a meta de maximizar seu valor. Todavia, decisões que maximizam valor têm por base conceitos financeiros, como fluxo de caixa livre e relações de risco e retorno, que, de modo geral, não são totalmente familiares para administradores não-financeiros,como os que trabalham em áreas de logística, vendas, produção ou compras. Nyerges (1992) explica que o valor da empresa depende de dois fatores: a geração futura de fluxos de caixas livres e de quão seguro o acionista está da realização futura desse fluxo. A geração de caixa é resultado das decisões de investimento e de financiamento tomadas pelos administradores. Apesar de não saberem com certeza,os acionistas têm percepção da variabilidade da geração dos fluxos de caixa livre. O nível de variabilidade afeta a taxa de retorno exigida pelos investidores e, por conseguinte, o valor da empresa.

1

Reconhecendo essa relação, os gerentes deveriam levar em conta o efeito de suas decisões sobre a geração de caixa futuro e sobre a variabilidade; logo, deveriam reestruturar seus processos detomada de decisão de forma a considerar e avaliar esses dois novos parâmetros. Contudo, a reestruturação não deve ocorrer de forma aleatória, mas integrada aos valores e estratégias da organização. Por isso, torna-se importante analisar casos de empresas que incorporaram tais conceitos e conseguiram êxito em suas atividades operacionais através da maximização de riqueza e valor. É com este enfoqueque o presente artigo avalia a operação e o valor do Makro Atacadista S/A, empresa que atua no ramo de venda de produtos alimentícios e não alimentícios sob o sistema de auto-serviço. Busca-se entender se sua administração agrega valor aos acionistas, clientes e fornecedores. Aos acionistas, por meio da valorização de seu patrimônio e pela distribuição de dividendos e juros sobre capital...
tracking img