Infertilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3811 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Infertilidade é uma doença que afeta um em cada dez casais em idade fértil, é muito importante que este casal procure assistência médica especializada. O primeiro passo do médico ou da clínica especializada é realizar exames no casal procurando as causas da baixa de fertilidade. Costuma-se chamar isto de Pesquisa Básica de Fertilidade. É fundamental que o casal procure omédico conjuntamente e que os exames sejam feitos no casal. Tal fato se justifica por dois motivo:

1. Primeiro pela oportunidade do especialista discutir o planejamento da pesquisa e depois do tratamento com o casal.
2. Segundo pela possibilidade de ambos terem problemas de fertilidade.

É um absurdo o tratamento de apenas um membro do casal sem conhecer se o outro temcapacidade reprodutiva plena. A Pesquisa Básica de Fertilidade mostra as causas da infertilidade. Os sintomas são silenciosos e confundem-se com a própria conseqüência: ausência de um bebê. De características confusas e multifacetadas, a infertilidade afeta todos os aspectos da vida dos "doentes" - a auto-estima, a capacidade de planejar o futuro, o próprio relacionamento do casal consigo e com osoutros - e, claro, profundos sentimentos de culpa. A experiência da infertilidade conduz a um estado de frustração e nervosismo incomparáveis a quaisquer outras situações de saúde.

Causas da Infertilidade

Os exames realizados no casal identificam as principais causas de infertilidade. Das causas de infertilidade, 30% são de causa masculina, 30% de causa feminina, 30% são de causa feminina emasculina e 10% de causas indeterminadas. Em 30% dos casos ambos os membros do casal tem problemas. Após identificadas as causas será proposto ao casal um plano de tratamento.

Causas Masculinas

1. Diminuição do número de espermatozóides;
2. Pouca mobilidade dos espermatozóides;
3. Espermatozóides anormais;
4. Ausência da produção de espermatozóides;
5. Vasectomia;
6.Dificuldades na relação sexual.

Causas Femininas

1. Distúrbios hormonais que impeçam ou dificultem o crescimento e a liberação do óvulo (ovulação);
2. Síndrome de Ovários Policisticos (Esta síndrome é caracterizada por sinais de hiperandrogenismo e/ou disfunção ovariana e/ou ovários policísticos ao ultra-som);
3. Problemas nas trompas ou tubas uterinas provocados porinfecções, cirurgias;
4. Endometriose (é uma doença que acomete as mulheres em idade reprodutiva e que consiste na presença de endométrio em locais fora do útero);
5. Ligadura das trompas;
6. Muco cervical que impede a passagem dos espermatozóides.

Diagnóstico

Geralmente - pode ser feito quando o casal não engravida depois de 12 meses de tentativas, ou se a gravidez não segueem frente, não vai ao tempo certo. Se a mulher tem mais de 35 anos, costumamos diminuir o prazo de diagnóstico para seis meses de tentativas. Vários são os exames solicitados, uma vez que se faz necessário diagnosticar todas as possíveis causas de infertilidade que possam estar presentes. Os exames básicos incluem dosagens hormonais, ultra-sonografia e histerossalpingografia (teste das trompas)para as mulheres e espermograma (análise de sêmen) para os homens.

Espermograma, Testes Funcionais e Preparo de Esperma - Todos os laboratórios de análises clinicas, fazem o espermograma. A grande maioria se utiliza de padrões ultrapassados de análise, o que dificulta a análise deste exame. Espermograma são avaliações realizadas nos espermatozóides, para identificar fatores que possibilitarão acompreensão da fertilidade do individuo. Exemplos : avaliação da presença de anticorpos no sêmen , avaliação da integridade da membrana citoplasmática, dentre outros. Estes testes não são realizados em espermogramas simples, e nem constam do manual da OMS. Estes testes foram desenvolvidos e aplicados em laboratórios especializados de Reprodução Humana. Preparo do esperma, é o nome dado à...
tracking img