Infarto agudo do miocardio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Infarto agudo do miocárdio

Fisiopatologia: È a necrose de uma parte do músculo cardíaco causada pela ausência da irrigação sanguínea que levam nutrientes e oxigênio ao coração. È o resultado. È o resultado de uma série completa de eventos acumulados ao longo dos anos, mas pode ser cicatrizado pela oclusão das artérias coronárias em razão de um processo inflamatório associado á aderência deplacas de colesterol em suas paredes. O desprendimento de um fragmento dessas placas ou a formação de um de um coágulo de sangue, um trombo dentro das artérias acarreta um bloqueio de sangue causado sérios e irreparáveis danos ao coração.
Manifestações clínicas: Dor no peito, que pode variar de fraca a muito forte, ou sensação de compressão no peito;
• Ardor no peito, muitas vezes confundidocom azia que geralmente pode ser associado à ingestão de alimentos;
• Dor no peito que se irradia pela mandíbula ou pelos ombros de braços (mais frequente do lado esquerdo do corpo)
• Ocorrência de sudorese, náusea, vômito, tontura, e desfalecimento.
• Ansiedade, agitação e sensação de morte iminente.


Fatores de risco: Tabagismo, obesidade, diabetes, hipertensão, altos níveis decolesterol, estresse, sedentarismo, histórico pessoal ou familiar de doenças cardíacas.
Diagnóstico: Geralmente o diagnóstico do IAM é baseado nos sintomas apresentados, no ECG e nos resultados dos exames laboratoriais.
O Prognóstico depende da gravidade da obstrução da artéria coronária e da extensão do comprometimento do miocárdio sempre se efetua o exame físico mas o exame isoladamente nãoconfirma o diagnóstico.
Tratamento:
Cti
Unidade coronariana;
As 3 principais formas de tratamento para IAM são
Angioplastia;
Cirurgia;
Cirurgia de revascularização miocárdica;

Cuidados de Enfermagem:
Avaliar e registrar a evolução da dor torácica.
Realizar registro de ECG;
Realizar analgesia COM;
Instalar O2;
Manter repouso absoluto no leito;
Estimular ingesta de dietaanticonstipante;
Verificar sinais vitais;
Manter AVP confiável;


Hipertensão Arterial Sistêmica

Pressão Arterial: é a força exercida pelo sangue circulante sobre as paredes circulante sobre as paredes das artérias que depende à força de contração da quantidade de sangue circulante e da resistência das paredes dos vasos. Essa pressão é obtida por meio dos valores: pressão sistólica ou máximae diastólica ou mínima.
Definição: A pressão alta (hipertensão) é geralmente um distúrbio assintomático no qual a elevação anormal da pressão das artérias aumenta o risco de distúrbio como AVC, Insuficiências Cardíacas, IAM e lesão renal.
A hipertensão tem sido chamada de “assassina silenciosa” porque em geral ela não produz sintomas por muitos anos até ocorrer a lesão de um órgão vital.
Oproblema ocorre mais frequente entre os indivíduos da raça negra 58% dos adultos principalmente mulheres negras apresentam hipertensão arterial em comparação com 29% dos adultos da raça branca frente a um determinado nível de pressão arterial, as consequências da hipertensão arterial são as piores dos indivíduos da raça negra.
A P.A é definida ela pressão sistólica média em repouso 140mmhg ou maispela pressão diastólica em repouso de 90mmhg ou mais. Nos casos de hipertensão arterial, é comum tanto a pressão sistólica quanto a diastólica estarem elevados.
Classificação das hipertensões:
Corresponde á 90% dos casos, Não há causa específica identificada. Caracteriza-se por uma lenta progressão da elevação da P.A ao longo do período de anos.
Corresponde a10 % dos casos. Decorre de outrasdeficiências orgânicas definidas.
Esse tipo de hipertesão é remitente desde afaste a causa.
Causas de HAS primária:
Hereditariedade (mudanças de hábito de vida e de condições gerais inerentes)
Insuficiências renais.
Fatores Hemodinâmicos.
Condições clinicas associadas ( obesidades, tabagismo, diabetes e alcoolismo).
Causa de HAS secundária:
Origem endócrina:
Secreção inapropriada de APH...
tracking img