Independencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1013 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Preconceito linguistico

“Português é muito difícil”
O brasileiro não sabe português.
Como o nosso ensino da língua sempre se baseou na norma
gramatical de Portugal, as regras que aprendemos na escola em boa
parte não correspondem à língua que realmente falamos e
escrevemos no Brasil.
Todo falante nativo de uma língua sabe essa língua. Saber uma
língua, no sentido científico do verbosaber, significa conhecer
intuitivamente e empregar com naturalidade as regras básicas de
funcionamento dela.
Está provado e comprovado que uma criança entre os 3 e 4
anos de idade já domina perfeitamente as regras gramaticais de sua
língua! O que ela não conhece são sutilezas, sofisticações e
irregularidades no uso dessas regras, coisas que só a leitura e o
estudo podem lhe dar.
Oprofessor Sirio Possenti, da UNICAMP, em seu excelente
livro Por que (nao) ensinar gramática na escola, classifica a
regência “assistir a” como um arcaismo, uma forma sintática que já
caiu em desuso, mas continua sendo cobrada injustificadamente
pelo ensino tradicionalista, que se recusa a admitir a extinção desse
e de muitos outros dinossauros linguísticos.
Por isso tantas pessoas terminam seusestudos, depois de onze
anos de ensino fundamental e médio, sentindo-se incompetentes
para redigir o que quer que seja. E não é à toa: se durante todos
esses anos os professores tivessem chamado a atenção dos alunos
para o que é realmente interessante e importante, se tivessem
desenvolvido as habilidades de expressão dos alunos, em
vez de entupir suas aulas com regras ilógicas e nomenclaturasincoerentes, as pessoas sentiriam muito mais confiança e prazer no
momento de usar os recursos de seu idioma, que afinal é um
instrumento maravilhoso e que pertence a todos!
Se tantas pessoas inteligentes e cultas continuam achando que
“não sabem português” ou que “português é muito difícil” é porque
esta disciplina fascinante foi transformada numa “ciência
esotérica”, numa “doutrinacabalística” que somente alguns
“iluminados” (os gramáticos tradicionalistas!) conseguem dominar
completamente.

No fundo, a ideia de que “português é muito difícil” serve como
mais um dos instrumentos de manutenção do status qual das classes
sociais privilegiadas.
O mito de português é muito difícil tem sua origem também na confusão, gerada no ambiente escolar, entre a língua propriamentedita e a codificação tradicional da língua, isto é a gramática normativa.
Mito n° 4
“As pessoas sem instrução falam tudo errado”
O preconceito linguístico se baseia na crença de que só existe,
como vimos no , uma única língua portuguesa digna deste
nome e que seria a língua ensinada nas escolas, explicada nas
gramáticas e catalogada nos dicionários. Qualquer manifestação
linguística que escapedesse triângulo escola-gramática-dicionário é
considerada, sob a ótica do preconceito linguístico, “errada, feia,
estropiada, rudimentar, deficiente”, e não é raro a gente ouvir que
“isso não é português”.
Um exemplo. Na visão preconceituosa dos fenômenos da
língua, a transformação de I em R nos encontros consonantais como
em Craudia, chicrete, praca, broco, pranta é tremendamenteestigmatizada e às vezes é considerada até como um sinal do
“atraso mental” das pessoas que falam assim.
mental”, seríamos forçados a admitir que toda a população da
província romana da Lusitânia também tinha esse mesmo problema
na época em que a língua portuguesa estava se formando. E que o
grande Luís de Camões também sofria desse mesmo mal, já que ele
escreveu ingrês, pubricar, pranta, frauta,frecha na obra que é
considerada até hoje o maior monumento literário do português
clássico, o poema Os Lusiadas. E isso, é “craro”, seria no mínimo
absurdo.
Nesses casos, sim, trata-se
realmente de uma dificuldade física que pode ser resolvida com uma
terapia fonoaudiológica. Não é dessas pessoas que estamos tratando
aqui, mas dos brasileiros falantes das variedades não-padrão, em
cujo...
tracking img