Imunologia - dengue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9480 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA
IMUNOLOGIA CLÍNICA

Imunologia aos vírus: Dengue



Discentes: Karen Larielle
Tayse Silva
Thaissa Costa
Thaynara Soares

Goiânia
2012

1. Epidemiologia

A dengue é uma doença febril aguda, de etiologia viral e de evolução benigna na forma clássica, e grave quando se apresenta na formahemorrágica. A dengue é, hoje, a mais importante arbovirose (doença transmitida por artrópodes) que afeta o homem e constitui-se em sério problema de saúde pública no mundo, especialmente nos países tropicais, onde as condições do meio ambiente favorecem o desenvolvimento e a proliferação do Aedes aegypti, principal mosquito vetor.
No século XXI, o Brasil se tornou o país do mundo com a maioriados casos notificados de dengue, ocupando o primeiro lugar no ranking internacional para os casos totais da doença, com mais de três milhões de casos relatados de 2000 a 2005. Isso representou 78% de todos os casos notificados nas Américas e 61% de todos os casos relatados à Organização Mundial de Saúde, fazendo do Brasil o país com o segundo maior risco para esta doença, entre os países com mais deum milhão de habitantes. A incidência no Brasil variou de 446,3-63,2 por 100 mil habitantes, em 2002 e 2004, respectivamente.
Até meados da década de 1990, o Sudeste Asiático foi a região do mundo que foi mais fortemente afetada pela dengue. Desde então, a doença tem aumentado nos países da América Central e do Sul, que contribuíram muito mais do que metade dos casos relatados do mundo. Durantea década de 1990, em apenas um ano (1998), o Brasil registrou mais de 700 mil casos. Esse deslocamento do vetor que transmite o DENV se deu principalmente após a segunda guerra mundial, que iniciou uma distribuição geográfica desordenada, sem condições sanitárias adequadas junto com o intenso trânsito de pessoas pelo mundo. Os programas de controle de vetores ineficazes também contribuíram paraisso.
Diferenças importantes foram observadas na epidemiologia da dengue nas Américas em relação Sudeste da Ásia, incluindo uma menor proporção de casos de febre hemorrágica da dengue nas Américas dentro de uma alta incidência de casos de dengue. Os quatro sorotipos de dengue circulam nas Américas e no Brasil, DEN-1, DEN-2 e DEN-3 têm circulado em simultâneo desde 1991. Esta situação, de acordocom a hipótese de Halstead de infecções sequenciais, representa um fator de risco importante para a ocorrência de dengue hemorrágica devido ao fenômeno de amplificação imune, ou a formação de imunocomplexos resultantes da presença de anticorpos para um dos sorotipos de dengue em indivíduos infectado por um novo sorotipo. 
Outra diferença entre as duas regiões é a faixa etária de maior risco. NoSudeste Asiático a dengue é predominantemente uma doença da infância, enquanto no Brasil a partir de 2006, a incidência de dengue, febre hemorrágica da dengue e infecção pelo vírus, mesmo clinicamente inaparente, a dengue foi muito maior em adultos. Ainda assim, na epidemia que explodiu no verão de 2008 no Rio de Janeiro, segunda maior cidade do Brasil, houve um súbito aumento na incidência entreindivíduos com menos de 15 anos, tanto para a dengue e febre hemorrágica da dengue. 
A emergência de dengue como um problema de saúde global ainda não é completamente compreendido. Evidentemente, as características biológicas do vírus da dengue (quatro sorotipos, virulência das cepas, seqüência das infecções, a taxa de replicação, etc), host (idade, raça, sistema imunológico, etc) e vetoriais (taxade reprodução, adaptação para o ambiente, etc), são fatores importantes na determinação da incidência e gravidade das infecções. Ainda assim, o crescimento da população associada com a urbanização não planejada e não controlada, principalmente em países com um clima tropical criando as condições ideais para a proliferação do Aedes aegypti , aumento do fluxo de viagens internacionais, facilitando...
tracking img