Ideologia e publicidade a perda da identidade na sociedade em massa formação do consumidor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1414 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ideologia e Publicidade
A perda da identidade na sociedade em massa
Formação do consumidor





Ideologia é um conjunto de idéias ou pensamentos de uma pessoa ou de um grupo de indivíduos. É um mecanismo que repercute conceitos e comportamentos que são vigentes numa sociedade. Para Karl Marx, a ideologia age como instrumento de dominação entre classes sociais. É um fator discutido hávárias décadas e sempre se manteve atual, sobretudo quando aliado à introdução de novos dispositivos como a Publicidade e a Propaganda. A grande explosão da comunicação através dos meios de comunicação em massa permitiu a proliferação da chamada propaganda ideológica, que, segundo Nélson Jahr Garcia, tem por função formar a maior parte das idéias convicções dos indivíduos e, com isso, orientar todo seucomportamento social.

Os meios de comunicação estão presentes na vida de todos de forma geral, e atingem as pessoas em casa e na rua, de manhã e à noite, em todos os lugares e em todos os horários. A capacidade gigantesca de penetração desses meios na vida da sociedade, faz com que a propaganda influencie cada vez mais a opinião das pessoas sem que elas percebam isso. Desse modo, são levadas aagir da forma que lhes é imposta, mas que parece por elas escolhida livremente. Obrigadas a conhecer a realidade somente naqueles aspectos que tenham sido previamente permitidos e liberados, acabam tão envolvidas que não têm outra alternativa senão a de pensar e agir de acordo com o que pretendem delas. Assim, constrói-se uma estrutura mantenedora de princípios e ideais adotados por uma minoria eaplicados sobre uma maioria.

Para adquirir um produto, o consumidor passa por uma enormidade de informações que se materializam através da publicidade, a qual acaba por exercer uma ação dominadora, resultando na maioria das vezes no consumo, mesmo que desnecessário. Assim, toda publicidade tem por finalidade atingir a sensibilidade do consumidor e de tudo que afeta suas decisões. A publicidadeé formadora de opinião e manifesta-se na vontade do consumidor, induzindo-o ao consumo. O trabalho de Stuart Ewen (1976), que analisa o caso dos Estados Unidos no início do século XX, trata o fenômeno da publicidade como processo de educação e socialização que ensina os cidadãos a consumir, criando consumidores. A publicidade promove ideais de corpo e beleza, promove um modelo de estilo de vidaconsiderado o ideal, o correto. Facilita a criação de novos hábitos de consumo e de atitudes do cotidiano que impulsionam a compra e o uso de novos produtos. Transforma a população em mercado consumidor ativo, criando uma “disposição ao consumo”.

A ideologia também se encontra fortemente presente na propaganda para fins além do consumo. Inúmeras vezes a propaganda foi total, utilizada nãoapenas para divulgar algumas idéias e princípios, mas para incutir toda uma visão do mundo e sua história, de idéias e respeito do papel de cada indivíduo e sua família, da posição dos grupos e classes na sociedade e para impor valores e padrões de comportamento como os mais adequados e mais justos. Exemplos desse tipo de utilização podem ser facilmente encontrados, principalmente na esfera política.Hitler e Getúlio Vargas são alguns deles.



Esse tipo de propaganda é muito utilizado através da universalização. As idéias, que na realidade se referem aos interesses particulares de uma classe ou grupo, são mostradas como propostas que visam a atender a todos e satisfazer às necessidades da maioria; apresentadas através de fórmulas do tipo: “benefícios para o povo”, “progresso do país”,“desenvolvimento nacional”, “para o bem de todos”, “para todos os brasileiros”. Utiliza-se também, de forma constante, expressões que não têm significado muito preciso, de tal forma que cada pessoa lhes dá uma interpretação. É o que ocorre com os conceitos de “democracia”, “igualdade”, “justiça”, “liberdade” e tantos outros. Quando alguém fala em “democracia” a um grande número de pessoas, cada...
tracking img