Horarios de trabalhos flexiveis e stresse no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 225 (56186 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 7 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CYBELE M. R. RAMALHO

PSICODRAMA
E
DINÂMICA DE GRUPO

Aracaju – 2010.

1

ÍNDICE

APRESENTAÇÃO
CAPÍTULO I:
O que é dinâmica de grupo?
CAPÍTULO II:
O que é o psicodrama?
CAPÍTULO III:
A saúde das relações e o psicodrama
CAPÍTULO IV:
A dinâmica de grupo psicodramática.
CAPÍTULO V:
A dinâmica de grupo psicodramática aplicada à educação.
CAPÍTULO VI:
Considerações finais.

2

Aos meus alunos,queridos co-criadores deste livro,
que não me deixam perder a inspiração...

3

APRESENTAÇÃO

J. L. Moreno, criador do psicodrama, afirmou que no princípio era o grupo, no fim, o
indivíduo. Aprender a conviver em grupos talvez seja uma das maiores questão do novo milênio,
pois não estamos mais na era da individualidade e sim na era da grupalidade. Na década de 1960
definitivamente ingressamos na erados grupos, com a explosão de sentimentos de solidariedade,
da vivência em comunidade, coincidindo com o apogeu do movimento humanista (FONSÊCA,
1999). Mas, na pós-modernidade, na atual crise de paradigmas, estamos vivendo uma
revitalização de tais valores com o crescente interesse pelas abordagens de grupo. O paradigma
emergente, por sua vez, valoriza o princípio da causalidade complexa, dopensamento dialógico,
da autonomia, da integração e da não-dicotomização, da singularização, da diversidade, da
renovação dos saberes. Todavia, o trabalho da condução profissional de grupos continua sendo
um grande desafio.
A contemporaneidade tem exigido que, cada dia mais o coordenador de grupos procure
novos recursos para aprimorar a sua metodologia de trabalho, suas atitudes e posturas. É exigidodeste profissional flexibilidade para mudanças, papel ativo como agente transformador da
realidade social, abertura a novos saberes, num exercício constante da ética e da busca da
autonomia dos sujeitos.
Este livro tem por objetivo apresentar a modalidade socio-psicodramática de trabalho com
dinâmica de grupo, do ponto de vista teórico e prático. A princípio, apresento um capítulo onde
faço umarevisão dos principais conceitos e teóricos da dinâmica de grupo, aqueles que, de
algum modo, considero que se aproximam de J. L. Moreno, criador do Psicodrama, que são Kurt
Lewin, Carl Rogers, Max Pagès e Pichon-Rivière.
Num segundo capítulo, apresento um resumo da amplitude da obra socionômica de
Moreno, incluindo desde a sua biografia aos fundamentos filosóficos de sua obra, passando pelos
seusprincipais conceitos, pela construção do seu método e principais técnicas. Apresento no
capítulo III como a abordagem moreniana compreende a saúdes das relações, como o sóciopsicodrama atualmente vem ampliando seu campo de atuação num foco clínico ampliado, indo
além, inclusive na defesa dos direitos humanos.

4

Isto se faz necessário para discorrer, no capítulo seguinte, sobre o tema principaldeste
livro, que é a dinâmica de grupo de base socio-psicodramática, em seus aspectos metodológicos
e técnicos. Neste capítulo, apresento, em especial, as etapas de desenvolvimento dos grupos
segundo J. L. Moreno e alguns psicodramatistas brasileiros, assim como a teoria de jogos
dramáticos. Finalizamos este capítulo, a título de ilustração, presenteando o leitor com uma série
de jogos aplicáveisnesta abordagem.
O capítulo seguinte do livro vai discorrer sobre como se desenvolve a prática do
psicodrama pedagógico em sala de aula. Depois de apresentar os princípios filosóficos, o método
e as técnicas do psicodrama aplicado á educação, introduzo uma pesquisa realizada em sala de
aula e o relato de uma experiência nesta abordagem, com um grupo vivencial de dinâmica de
grupo, onde atuo comoprofessora na Universidade Federal de Sergipe, no curso de psicologia.
Finalmente, no último capítulo, encerro este livro apresentando uma proposta que
desenvolvi de laboratórios de dinâmica de grupo, proposta esta que pode ser utilizada no foco
clínico e no sócio educacional, dando ênfase ao trabalho com jogos e jogos dramáticos. Como
toda proposta, deve ser adaptada á realidade do grupo ou ao...
tracking img